Page Nav

HIDE

CLDF - Campanha Abuso Não

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Após descobrir suposta traição homem mata namorada e depois comete suicídio


Após descobrir suposta traição homem mata namorada e depois comete suicídio
Após descobrir suposta traição homem mata namorada e depois comete suicídio

Na manhã deste último domingo (07) um taxista matou a namorada dentro da residência da vítima localizada na Rua Piracicaba no Bairro da Estação na cidade de Nova Era (140 km de Belo Horizonte). Em seguida o autor do crime cometeu suicídio. Segundo informações, o taxista identificado como Wenderson Aparecido Neri de 32 anos, conhecido popularmente como “Gringo” assassinou a namorada Raquel de Oliveira Afonso de 32 anos dentro do banheiro e depois arrastou a vítima até o quarto da casa. Logo após matar a namorada, Wenderson trancou a casa da vítima e foi até o pasto que fica no alto do Bairro Colina onde efetuou um disparo contra a própria cabeça. Vários moradores sabiam das ameaças de morte dele contra Raquel, por esse motivo após encontrarem o corpo de Wenderson eles chamaram a Polícia Militar e o Grupo de Atendimento Voluntário de Emergência (GAVE). A polícia chegou no local onde o corpo do taxista estava e ao seu lado foi encontrado um revólver calibre 32 com 04 munições intactas e duas deflagradas. A PM em seguida dirigiu até a residência de Raquel onde tiveram que arrombar a porta da casa da vítima para entra e encontraram o corpo de Raquel sobre um colchão vestida apenas de roupas íntimas. Antes de colocar fim a própria vida, Wenderson escreveu no chão a letra “R”. Relatos de testemunhas contam que Raquel era divorciada e namorava com o taxista, e que há cerca de uma semana o taxista teria descoberto que a namorada estava tendo um relacionamento com outro homem. O taxista já teria dito que mataria ela e depois se mataria caso isso fosse confirmado. Raquel trabalhava como enfermeira no Hospital São José em Nova Era e teria saído do trabalho às 07 da manhã. Ela deixou um filho de 08 anos fruto do primeiro casamento. Wenderson que também era separado deixou um casal de filhos de 07 e 08 anos. Após os trabalhos técnicos da perícia, os corpos foram removidos e encaminhados para o necrotério do Cemitério do Bairro Baú em João Monlevade – MG para serem submetidos a exames de necropsia. 




Nenhum comentário




Latest Articles