Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


NOVO GAMA - Possível acerto de contas termina em morte de inocente

Era para ser mais um dia de encontro de família em Novo Gama se não fosse por uma tragédia que culminou na morte de uma criança de 12 anos e deixou outra de apenas 10 anos em estado grave.




De acordo com levantamentos iniciais, o alvo dos assassinos era um homem que passou o dia na casa da sogra, bairro do Pedregal, conhecido por "Naldinho". Ao sair com os dois sobrinhos em seu veículo e mais quatro pessoas da mesma família, na altura da parada 09, teve o veículo interceptado e crivado de balas por desconhecidos. Ainda de acordo com informações de populares, no desespero e temendo o pior, o condutor do veículo, gritou para que os sobrinhos se abaixassem. Todavia, as crianças foram baleadas. 

Após a abordagem, Naldinho seguiu imediatamente para o Pronto Atendimento 24h, localizado no centro da cidade - Novo Gama, aonde, diante dos relatos do médico que recebeu as crianças, soube da gravidade do fato. A criança menor, foi baleada na coxa e na cabeça. Encaminhada às pressas ao Hospital Regional de Santa Maria e devido à falta de médicos na unidade (o que já não é novidade alguma naquela unidade de saúde), foi encaminhada pelo Samu ao Hospital de Base e o seu estado de saúde é gravíssimo. Já o mais velho, foi atingido por dois disparos, um no peito e outro na cabeça e de acordo com o médico do Pronto Atendimento 24h de Novo Gama, já chegou sem vida na unidade de saúde.

No veículo da família atingida, estavam seis pessoas, sendo, 02 irmãos e suas respectivas esposas e os dois sobrinhos do motorista.

A confirmação de que os disparos foram em direção ao condutor do veículo e tio das crianças, veio mais tarde quando os policiais descobriram que ele era suspeito de envolvimento na morte de um outro jovem de nome Jamilson. “Eles estavam decididos a matar os ocupantes do veículo”, disse uma testemunha.

No veículo da família também foi encontrada uma arma de fogo que, inicialmente suspeita-se que poderia ter sido usada na morte de Jamilson.

Outra informação ainda não confirmada, dá conta de que o autor dos disparos teria deixado cair um documento de identidade no chão. Porém, até o fechamento desta matéria, não foi possível confirmar com a Polícia Militar, que foi a primeira a atender a ocorrência.

Pesam contra Naldinho, além da suspeita do homicídio de Jamilson, ainda uma ocorrência de estupro de vulnerável. 

A única informação confirmada pela Polícia é de que o alvo dos disparos (pai das crianças e condutor do veículo) mantinha em sua residência arma de fogo e por isso foi presa em flagrante. Provavelmente, os disparos partiram da “gangue do Deda/Duncan x gangue do Boneco/Dudu” e o motivo de crime seria guerra de tráfico.

Participaram da ocorrência a Cb Berlanda, Cb Demi, Sd. Willian e Sd. Jemerson, ambos auxiliados pelo CPchoque, comandado pelo Sgt. Hermano.

Naldinho, passou de vítima para a condição de preso em flagrante de delito por porte ilegal de arma de fogo e está a disposição da justiça no Ciops do Céu Azul.



Nenhum comentário




Latest Articles