Brazlândia: Padre é humilhado, ameaçado e pede pra sair

DSC03787


A intolerância escreveu um dos mais tristes capítulos na história religiosa no Distrito Federal, dessa vez na cidade de Brazlândia. O Pároco Givaldo Dantas da Igreja São Sebastião,localizada no Setor Tradicional da cidade, foi alvo de agressões e insultos por parte de membros de um grupo politico dentro da cidade, famosos pela a truculência e pela falta de respeito aos que pensam diferentes deles.

A Festa do Divino Espirito Santo considerada um encontro de amor e fé, foi transformada num ringue de interesses políticos e em um festival de ataques covardes a Pe. Givaldo Dantas, simplesmente por ele não aceitar que o grupo político que predomina na cidade usasse o evento como “fanfarra eleitoreira”.

A missa celebrada por Pe. Givaldo foi marcada por um depoimento triste para os presentes e vergonhoso para aqueles que se acham no direito de usar o poder para constranger e humilhar uma autoridade religiosa de nossa cidade. O choro do pároco com lágrimas incontidas marca um momento de muita tristeza na história de Brazlândia; ” Durante esse tempo que tenho de vida nunca tinha vista uma cena tão deplorável para nossa igreja. Então discordar de algo errado nos faz refém de interesses de quem está no poder?”, perguntava sem resposta uma fiel da igreja São Sebastião.

O tema principal abordado na igreja era a auto estima. O pároco em suas palavras, declarou que a sua auto estima estava lá em baixo e relatou o fato aos fieis presentes. As lágrimas no rosto do padre, emocionou os presentes e na saída da igreja a revolta foi geral;” Chega! Chega! Até no regime militar a igreja muitas das vezes foi preservada. Agora acharem que estão com o poder nas mãos e usarem contra a igreja é um erro dessa turma de Brazlândia”,declarou um dos presentes sem citar a quem se referia.

PADRE GIVALDO PEDE PARA SAIR

Os insultos, palavrões e o desrespeito a sua decisão de não aceitar politizar a Festa do Divino Espirito Santo, fez o Pároco Givaldo Dantas se colocar a disposição da igreja e entregar o comando da Paroquia São Sebastião.

A decisão de entregar o comando da Paroquia foi relatada por Givaldo Dantas em sua última missa que disse ter sido humilhado por não atender os anseios dos poderosos. Os fieis da igreja e a comunidade de Brazlândia mostraram pelas as redes sociais forte indignação ao episódio. O blogdogbu tentou falar com Pe. Givaldo Dantas, mas ele não retornou as nossas ligações.

Com a palavra o representante desse grupo politico de intolerantes!



fonte: gbu/Blog do Cafezinho
Leia matéria completa em www.agenciasatelite.com.br

Postar um comentário

0 Comentários