APRENDENDO A MATAR

Um adolescente de 17 anos, conhecido por “Danilo”, foi assassinado por um colega de classe ontem (14), por volta das 21h, no Centro de Ensino Médio de Ceilândia Norte.


De acordo com a Policia Militar, o assassino recebia constantes ameaças de morte da vítima. A justificativa para o homicídio, de acordo com testemunhas, teria sido uma bolinha de papel.

Após a discussão, o autor saiu para ir ao banheiro e a vítima foi atrás. Após nova discussão, Danilo recebeu um golpe de faca no pescoço e voltou correndo para a sala de aula. De posse de um canivete, o autor adentrou na sala de aula e golpeou a vítima por mais duas vezes.

Testemunhas disseram que após golpeá-lo, autor deu alguns chutes na cabeça da vítima e antes de sair, ainda lavou as mãos e disse que “não queria se sujar com o sangue da vítima”.

O Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados e ao chegarem ao local, já encontraram a vítima sem vida.

Ao ser apreendido, o adolescente de 16 anos assumiu a autoria e foi encaminhado à DCA – Delegacia da Criança e do Adolescente II.

Testemunhas ainda disseram que a vítima tinha duas passagens por tentativa de homicídio e outros pequenos delitos, bem como, vinha ameaçando a vítima constantemente.
















Fonte - Agência Satélite

Postar um comentário

0 Comentários