Polícia Cilvil divulga imagens de autores de latrocínio de taxista para ajudar na captura

O crime ocorreu no dia 19 de Janeiro deste ano, quando o corpo do taxista foi encontrado no Park Way. O casal responsável pelo crime está foragido

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) divulgou, na tarde desta terça (15), imagens dos autores de latocínio do taxista José Leudomar Silva, conhecido por Mazinho. O corpo dele que foi encontrado em um matagal, na Quadra 14, no Setor de Mansões Park Way, no dia 19 de Janeiro deste ano.

Um dos acusados é Thiago de Sousa, de 30 anos, foragido do presídio do Maranhão. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Gustavo Farias, ele é muito perigoso e está envolvido em roubos com restrição de liberdade contra taxistas do Estado do Pará e também latrocínios no Maranhão, além de ser acusado do assassinato de duas mulheres, mortas a facadas em outubro e novembro de 2011.

A atual companheira dele, Rosiane Costa das Neves, 32 anos, também é acusada de participar do latrocínio do taxista brasiliense.

O casal não possui residência fixa, portanto a Polícia Civil solicita a colaboração de todos na divulgação das fotos dos acusados. As denúncias devem ser realizadas pelo telefone 197 ou pelo whatsapp (61) 8626-1197




Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

Postar um comentário

0 Comentários