MP vai investigar denúncia de nepotismo cruzado envolvendo Robério Negreiros

O deputado Robério Negreiros nega que a situação represente nepotismo cruzado

O Ministério Público do Distrito Federal vai investigar uma suposta prática de nepotismo cruzado entre o deputado distrital Robério Negreiros (PSDB) e o deputado federal Felipe Maia (DEM-RN). A 5ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (Prodep) instaurou na última terça-feira (26) um procedimento para apurar as denúncias. Segundo informações repassadas aos promotores, uma cunhada de Negreiros, Mayra Bontempo dos Santos Negreiros, trabalharia no gabinete de Maia. Em contrapartida, a esposa de Felipe Maia, Natália Lagrega de Paiva Barbosa Maia, teria sido empregada na liderança do PSDB na Câmara Legislativa (CLDF). Como o caso envolve um deputado federal, a investigação deve contar com o apoio do Ministério Público Federal. Os promotores de Defesa do Patrimônio Público já pediram informações sobre o caso à Câmara dos Deputados e à Câmara Legislativa.

O deputado Robério Negreiros nega que a situação represente nepotismo cruzado. Ele explica que Natália Maia foi nomeada no ano passado para atuar em um bloco partidário comandado pelo deputado Welington Luiz (PMDB). E que a mudança de lotação para a liderança do PSDB ocorreu por determinação da presidência da Casa. “Ela nunca esteve lotada no meu gabinete e eu não fui o responsável pela nomeação. Isso não pode jamais ser configurado como nepotismo cruzado. Mas se houver alguma mácula nesse processo, vou pedir a devolução da funcionária para o bloco de origem”, diz. Para Robério, a denúncia tem relação com sua atuação na CPI da Saúde. “Isso faz parte do jogo político, tem gente incomodada com a minha atuação na CPI”, acrescenta.


Fonte - HELENA MADER - CB.PODER
Leia também em www.agencisatelite.com.br

Postar um comentário

0 Comentários