Maníaco arromba túmulo e violenta cadáver de mulher sepultado um dia antes


O corpo de uma mulher de 59 anos, que tinha sido sepultado nesta terça-feira (19), foi retirado do túmulo e violentado. O ato, de vilipêndio ao cadáver, aconteceu na madrugada desta quarta-feira (20) e foi descoberto pela manhã por funcionários do Cemitério Municipal do Boqueirão, em Curitiba.

De acordo com a Guarda Municipal (GM), logo por volta das 8h40, as equipes foram acionadas. “Quando chegamos, encontramos o caixão aberto, jogado no chão e o corpo tinha sinais de que havia sido violentado”, explicou o GM Adilson.

A Polícia Civil foi acionada e foi coletado o material que comprova que realmente houve abuso no corpo da mulher morta. “Pra gente, não resta dúvida. Mas vai ser difícil encontrar a pessoa, pois no cemitério não tem câmera de segurança e não temos nenhuma hipótese”, disse o guarda.

Enquanto os investigadores trabalhavam no local, os guardas municipais lembraram que, há aproximadamente um ano, outro caso parecido foi registrado também no cemitério do Boqueirão. “Da primeira vez, foi uma idosa de 89 anos. Com certeza, pode ser alguém que observa a movimentação do cemitério, pra saber dos sepultamentos”, considerou o GM.

A investigação do vilipêndio fica sob a investigação do 7º Distrito Policial (DP). A família da vítima foi avisada sobre o que aconteceu e o corpo deve voltar a ser sepultado depois do final do trabalho da polícia. “A gente trabalha nessa área e tá acostumado com muita coisa, mas isso ainda assusta”, desabafou o guarda municipal.


Fonte - Tribuna PR

Postar um comentário

0 Comentários