Sites de notícias reagem a Facebook sem mídia

Divulgação

O Facebook provocou reação de editores ao redor do mundo ao iniciar um teste em seis países, na semana passada, tirando as páginas de mídia e outras do feed de notícias –que passou a priorizar amigos e conteúdo pago.

O teste é restrito a pequenos países de América Latina (Guatemala e Bolívia), Europa Oriental (Eslováquia e Sérvia) e sul da Ásia (Sri Lanka e Camboja). Neles, as Redações perceberam quedas de audiência a partir do dia 19.

As 60 maiores páginas de mídia do país teriam caído para menos da metade das interações (curtidas, comentários e compartilhamentos). A média diária de 2.000 interações, até o dia 18, teria baixado para 800, a partir do dia 19.

Entre as conclusões iniciais tiradas por editores, tanto os atingidos como aqueles de outros países, a principal foi que será preciso pagar ao Facebook para se manter no feed de notícias –e veículos menores tenderão a desaparecer.


Fonte - AFP e Folha de São Paulo
Leia também em www.agenciasatelite.com.br 

Postar um comentário

0 Comentários