Detenta da Colmeia é autuada após assediar duas adolescentes em ônibus

Caso terminou na 20ª DP, no Gama. Foto: Myke Sena
A mulher tentou beijar uma das jovens à força e ainda a insultou com palavras de cunho racista. Na delegacia, a detida, que cumpre pena em regime semiaberto, apresentou nome social masculino

Na noite dessa segunda-feira (12), uma detenta da Penitenciária Feminina, a Colmeia, foi detida suspeita de assediar e proferir ofensas de cunho racista contra duas adolescentes, de 16 e 17 anos, no interior de um ônibus do BRT, no Gama. Na delegacia, segundo a Polícia Civil, a detida, de 27 anos, se apresentou com nome social masculino. Durante as agressões, as vítimas acreditavam se tratar de uma pessoa do sexo masculino. O caso ocorreu enquanto a detenta estava em seu benefício de trabalho externo.

De acordo com as vítimas, a suspeita as importunou desde que elas embarcaram na estação do BRT, na Asa Sul. Segundo depoimentos prestados na 20ª Delegacia de Polícia (Gama), a PM foi chamada para atender ocorrência de “assédio” e agressão física dentro de um coletivo que havia acabado de chegar no Gama, DF-480. Chegando ao local, os policiais visualizaram duas garotas descendo do ônibus e apontando para o possível agressor.

Nesse meio tempo, testemunhas logo contaram a versão de que um garoto tentou beijar uma adolescente que estava no transporte coletivo à força, e ainda a insultou com palavras de cunho racista. A outra adolescente também afirmou que foi xingada quando tentou proteger a outra que estava sofrendo os assédios, o que intensificou ainda mais a confusão no interior do ônibus. Após as acusações, todos os envolvidos foram conduzidos para a 20ª DP, onde a detida foi autuada em flagrante pelos crimes de ameaça, importunação ofensiva ao pudor e injúria racial. Lá, os policiais ainda constataram que a mulher é detenta da Penitenciária Feminina, cumprindo pena em regime semiaberto.

Segundo a Polícia Civil, o sistema penitenciário foi informado sobre o caso.


Fonte - Jornal de Brasília

Postar um comentário

0 Comentários