Preso Homem que matou mulher a pedradas no Entorno, ele contou em detalhes como esmagou o cranio da vítima

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) da 17ª DRP de Águas Lindas,


Elizeu Neto Rodrigues Loiola foi preso no dia 17 de julho, suspeito de ter matado, no início da semana, Josélia Alves da Costa, cujo corpo foi encontrado na última segunda-feira (15), jogado às margens de uma rua de um loteamento novo, ainda sem urbanização, com severas lesões na região da cabeça e total desfiguração da face, provocadas por pedradas.

O autor foi identificado após minucioso estudo de local de crime, identificação da vítima e análise dos seus últimos passos.
Capturado, Elizeu confessou em detalhes a forma e a motivação do crime. Segundo ele, após se encontrar com Josélia em um bar da cidade, ingerir bebidas alcoólicas e comer uma pizza com ela, a levou para um bairro isolado, com a intenção de manter relações sexuais.

No entanto, a mulher teria se negado a praticar relações sexuais com o suspeito, que, irritado, começou a agredi-la, golpeando-a com pedras até a morte. 

Após isso, Elizeu retirou toda roupa da vítima e a deixou nua, fugindo na sequência. As vestes de Josélia foram jogadas em um córrego a caminho da casa do suspeito. 

Relembre o caso

Mulher é encontrada morta, nua e com cabeça esmagada no entorno
Grupo de Investigações de Homicídios apura morte da vítima, que ainda não foi identificada.


A Polícia Militar encontrou uma mulher morta, nua e com a cabeça esmagada em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Segundo registro, a vítima, que ainda não foi identificada, foi achada durante uma patrulha de rotina da PM no setor Parque das Águas Bonitas II na segunda-feira (15).

O Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) investiga a morte da mulher. O local foi periciado, e o corpo levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Formosa, também no entorno do DF.

O delegado regional e responsável pela investigação, Cléber Martins, disse que o corpo estava próximo a um córrego e que a região sediará um loteamento. Por isto, ainda não tem ninguém morando por perto nem construções.

"Ela estava perto de uma esquina, na última rua antes do córrego. Estava totalmente nua e com o crânio desfigurado. Ela também apresenta algumas lesões no abdômen que parecem ter sido feitas com uma faca pequena, mas só a perícia vai poder confirmar", detalhou.

A principal dúvida, por enquanto, é descobrir quem é essa mulher. Segundo o delegado, os peritos estão analisando as digitais da vítima.

"Também varremos todas as ocorrências de desaparecidas da região, e a descrição dela não bate com nenhum dos casos que temos em aberto", completou.

A mulher tem uma tatuagem de flores e borboletas na lateral da panturrilha direita (veja foto acima). O delegado pede que, se alguém reconhecê-la pela tatuagem, que entre em contato com a Polícia Civil por meio do 197.


Fonte - Madeirada News

Postar um comentário

0 Comentários