Suplente de Flávia Arruda, Laerte Bessa voltará à Câmara dos Deputados

A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) foi anunciada como nova ministra da Secretaria de Governo da Presidência. Laerte Bessa é o suplente

Michael Melo/Metrópoles

Com a ida da deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) para a Secretaria de Governo da Presidência da República, o ex-deputado federal Laerte Bessa (PL) poderá assumir a vaga na Câmara dos Deputados. É que ele é o suplente de Flávia.

Nas eleições de 2018, Laerte Bessa obteve 28.526 votos e não conseguiu se reeleger. O delegado aposentado foi diretor-geral da Polícia Civil do DF (PCDF) durante a gestão de Joaquim Roriz.

Em 2019, após um período longe dos holofotes, Laerte Bessa voltou ao noticiário após agredir um porteiro no condomínio onde mora, em Águas Claras. Ele disse ao funcionário que iria dar um “tiro na cara” dele. O caso foi registrado na 21ª Delegacia de Polícia (Pistão Sul).

Em maio de 2018, Bessa foi acusado de dar um soco no subsecretário de Articulação Federal da Casa Civil do Distrito Federal, Edvaldo Dias da Silva, na Câmara dos Deputados. Na época, ele negou a agressão. Em novembro do mesmo ano, trocou empurrões com Alberto Fraga (DEM) no plenário da Casa. O ex-parlamentar é conhecido pelo temperamento explosivo.

Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários