Padrasto é procurado por estuprar e matar enteada

Fotos: Arquivo Pessoal / Divulgação

Na noite desta sexta-feira, 9 de abril, a Brigada Militar confirmou a prisão de Elias dos Santos Silvestre, de 39 anos. Ele é acusado de estuprar e enforcar Jordana Tamires Christ Watthier, de 13 anos. Ela era enteada dele.

Segundo informações preliminares, ele se apresentou para a Brigada Militar em Teutônia, no Vale do Taquari. Elias estava escondido na casa de familiares. Agora, o preso deverá ser apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Lajeado.

Elias estava desaparecido desde o último domingo (4), data em que o corpo da menor foi encontrado nas margens da ERS-122, em Bom Princípio, no Vale do Caí. Ela estava sem roupas e havia sinais de violência pelo corpo.

A investigação suspeita que ele seja o suposto pescador que ligou para o Corpo de Bombeiros e deu a localização exata de onde estava a vítima.

Assista o vídeo


No mesmo dia, policiais tiveram acesso a mensagens trocadas entre o criminoso e sua irmã por celular. Na conversa, o homem indicou ter abandonado seu carro próximo à rodoviária de Montenegro, a 30 km de Bom Princípio.

Dentro do veículo, os policiais encontraram uma chave e o celular dele. Ele era considerado foragido, já que Justiça decretou a prisão temporária dele.

Ele tem antecedentes criminais por ter estuprado duas adolescentes e um roubo. Condenado há 12 anos de prisão, estava em liberdade condicional.

Fonte - cliccamaqua

Postar um comentário

0 Comentários