Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Goiás: adolescente morre após cair com bicicleta em buraco de obra

Polícia Civil investiga se houve omissão de algum responsável ou morador que possa ter retirado sinalização e diz que houve acidentes antes

Reprodução


Goiânia – Um estudante de 13 anos morreu depois de cair dentro do buraco de uma obra em Cabeceiras, no Entorno do Distrito Federal, enquanto andava de bicicleta.


A Polícia Civil de Goiás (PCGO) investiga se a administração municipal, a empresa contratada para realizar o serviço ou até algum morador deve ser responsabilizado pela morte de João Pedro dos Reis Martins.

Em nota divulgada na terça-feira (12/4), dois dias depois do acidente, a Prefeitura de Cabeceiras informou que a empresa terceirizada abriu a vala por causa da infiltração de águas pluviais e rompimento da pavimentação.

De acordo com a prefeitura, a empresa disse que havia sinalização nas bordas do buraco e que o tráfego de pessoas e veículos estava impedido no local. Além disso, o município afirmou que vai colaborar com a investigação. O nome da empresa não foi divulgado.

Pedalar com primo

O pai do adolescente, o guincheiro Júnior César Martins, contou ao G1 que o filho caiu no buraco e morreu logo depois de sair para pedalar com um primo mais novo na região.

Segundo a família, um motociclista, outro ciclista e um pedestre já caíram antes no buraco, que, conforme acrescentou, está aberto desde o dia 4 deste mês.
Negligência

A Polícia Civil de Goiás instaurou inquérito para apurar se houve negligência por parte de alguém. A empresa, por exemplo, terá de provar se havia, ou não, tapume instalado no local da obra ou se algum morador tirou a sinalização que poderia ter sido colocada na obra.

O Metrópoles não encontrou contato da defesa da empresa até o momento em que publicou este texto.

Fonte - Metrópoles

Nenhum comentário




Latest Articles