Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


FUTEBOL - Torcida do PSG protesta em frente à casa de Neymar: "Vá embora"

Após grande ação na sede do clube, grupo de ultras vão à porta da residência do brasileiro e gritam para que ele deixe o time

O protesto da torcida organizada do Paris Saint-Germain não se limitou à ação em frente à sede do clube. Um grupo de torcedores foi até a residência de Neymar, em Paris, e gritou para que o brasileiro deixe o time francês (assista abaixo). Na última segunda-feira, torcedores já haviam protestado no CT. O PSG condenou os atos.

— Neymar, vá embora — gritam os torcedores do PSG.

O jogador brasileiro comentou duas publicações diferentes no Instagram sobre o protesto na sede do clube e disse que os torcedores do PSG foram até sua casa, em Paris. Na noite desta quarta, ele curtiu um post do perfil Fui Clear, na mesma rede social, que critica o clube a torcida. Na postagem, o influenciador Eduardo Semblano diz, em um vídeo, que Neymar e Messi devem deixar o time.

Também no Instagram, Neymar publicou uma frase enigmática na noite desta quarta, após os protestos: "Não deixe as pessoas te colocarem na tempestade delas, coloque-as na sua paz".

Torcedores do PSG protestam em frente à casa de Neymar, em Paris — Foto: Reprodução/Parisientimes


Neymar está se recuperando de cirurgia no tornozelo direito a que foi submetido no início de março. O problema físico tirou o brasileiro da parte final da temporada 2022/23. Há cerca de uma semana, ele voltou ao CT do clube e tirou bota de imobilização. O camisa 10 atua pela equipe desde 2017 e já foi hostilizado pelos torcedores em outros momentos.

Apesar de liderar o Campeonato Francês, com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o PSG não vive bom momento na temporada. Nos últimos oito jogos, o time somou quatro derrotas, incluindo a última, para o Lorient, no último domingo.


A situação do clube ainda piorou após Lionel Messi viajar à Arábia Saudita sem permissão e ser suspenso por duas semanas pelo PSG. O argentino foi xingado por torcedores nas manifestações em frente à sede do clube.

— Messi, filho da p*** — gritaram os ultras do PSG.

O PSG ainda não anunciou a suspensão de Messi. Apesar disso, a equipe treinou nesta quarta-feira sem o argentino, que ficará duas semanas sem jogar e entrar no CT da equipe. Ele também não receberá o salário neste período.

A imprensa europeia já dá como certa a saída do camisa 30. Tanto da parte do Paris Saint-Germain, quanto da parte do atleta, a renovação não é mais uma opção e Messi seguirá outro caminho a partir da próxima temporada. Barcelona, Al-Hilal e Inter Miami são possíveis destinos.

O iminente divórcio entre Messi e PSG

Torcida do PSG protesta nas ruas de Paris: "Neymar, vá embora" — Foto: Reprodução

PSG condena os atos

Em comunicado oficial divulgado horas depois dos registros, o clube repudiou os protestos. Confira a tradução da íntegra do posicionamento:

"O Paris Saint-Germain condena nos termos mais veementes as ações intoleráveis ​​e insultuosas de um pequeno grupo de indivíduos, ocorridas nesta quarta-feira.

Quaisquer que sejam as diferenças, nada pode justificar tais atos. O Clube dá o seu total apoio aos seus jogadores, à sua direção e a todos os que são afetados por estes comportamentos vergonhosos."

Fonte - GE/Futebol Frances

Nenhum comentário




Latest Articles