Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Mulher se casa horas antes de morrer de câncer, para não deixar o filho órfão

Amy Drouillard foi diagnosticada com câncer de mama em estágio quatro aos 33 anos. O pai do filho dela tinha morrido anos antes

Por Crescer online

Casamentos, em geral, são emocionantes e inesquecíveis. O de Amy Drouillard e Kyle Adcock, um casal de Detroit, Estados Unidos, não foi diferente. Porém, as lágrimas tiveram uma motivação extra, já que Amy, 35, faleceu apenas algumas hora depois de dizer “sim”.

Kyle, Nolan e Amy: casamento foi horas antes da morte da mulher — Foto: Reprodução/ Fox

A cerimônia, que seria celebrada no dia 26 de agosto, precisou ser adiantada em dois dias e aconteceu no dia 24. Amy, que estava muito doente, tinha um filho e não queria deixá-lo sozinho ao partir - o que ela sabia que aconteceria logo.

“Ela tem um filho ótimo – foi difícil não me apaixonar pelos dois”, disse o noivo, Kyle, referindo-se a Nolan, um menino de 12 anos. “Amy usou o vestido dela e ela estava linda e cheia de sorrisos. Foi um casamento lindo”, acrescentou, em entrevista à Fox News. "Dra. Crader [a médica] preparou uma linda noite para nós. Eles designaram as melhores seis enfermeiras para cuidar de Amy - e trouxeram um monte de velas para o quarto”, lembra. Poucas horas depois, tristemente, Amy faleceu.

A jovem mãe tinha apenas 33 anos quando foi diagnosticada com câncer de mama metastático em estágio 4. Dois anos depois, aos 35 anos, a doença tirou sua vida e a obrigou a deixar Kyle e Nolan para trás.

“Quando ela foi diagnosticada, queríamos pisar no acelerador”, explicou o marido. O pai de Nolan já tinha falecido há alguns anos, quando ele era menor, e a mãe não queria deixá-lo órfão. “Tivemos que nos casar para poder adotá-lo – e, felizmente, conseguimos fazer isso”, relatou.

Os três formaram um verdeiro time na luta de Amy. “Nesta família, ninguém luta sozinho e isso é verdade – todos nós lutamos uns pelos outros”, disse Kyle. Para ele, Nolan é tão cheio de vida quanto sua mãe. “Agora sou tutor dele. Ainda estou avançando com o procedimento de adoção”, disse Kyle. “Eu continuo dizendo a ele todos os dias: ‘Você sabe que fará grandes coisas’”.

A família organizou uma homenagem à Amy, que deve acontecer no próximo dia 6 de outubro, no Parque Blossom Heath, do meio-dia às 21h. “Se você é alguém que deseja estender a mão, derrame amor nessa família. Estamos aqui”, disse Kyle.

Amigos também criaram uma página de financiamento coletivo no GoFundMe para ajudar com despesas de adoção e tudo o que Nolan precisar no futuro. “O que mais me fez seguir em frente foi ver o sorriso dela e a felicidade em seu rosto no pior último dia ou no pior melhor dia de nossa vida”, disse Kyle. “Isso é o que me faz continuar – e também saber que tenho Nolan aqui para segurar – e ele tem a mim”, completou.

Nenhum comentário




Latest Articles