Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


Prefeito Pábio e secretário Marcus Vinícius permanecem em silêncio 4 dias após alagamentos em Valparaíso





Passados quatro dias dos alagamentos que espalharam Caos pela cidade de Valparaíso de Goiás, o prefeito da cidade Pábio Mossoró (MDB) e seu secretário de obras, Marcus Vinícius, permanecem em silêncio, sem nenhuma manifestação de solidariedade, tão pouco para apresentar alguma solução para os problemas vividos por milhares de moradores.
Chuva de 15 minutos alaga e leva o caos para Valparaíso de Goiás novamente e autoridades não se manifestam / Vídeo: Reprodução
"Esse é o silêncio da má gestão, de quem sabe que não adianta mais bla bla bla, de quem promete e não cumpre nunca, que faz essas obras porqueiras que eles fazem só para sumir com o dinheiro", disse o morador do Setor de Chácaras Anhanguera, um dos bairros mais atingidos pela falta de infraestrutura da cidade, Ednei.

A 7 anos à frente da prefeitura da cidade e com orçamentos recordes, o governo do prefeito Pábio Mossoró (MDB) é acusado por populares de não ter dado solução nem para parte dos problemas de infraestrutura da região por incompetência e/ou uma denunciada corrupção.

Ainda em outubro de 2020 a gestão municipal recebeu R$ 48,7 milhões de R$ 70 milhões, referente a um financiamento feito junto ao Banco do Brasil para executar também uma obras de drenagem no Anhanguera, e sob o comando do secretário de infraestrutura, Marcus Vinícius, que foi acusado de fraude em licitação desde 2011. As intervenções foram iniciadas, mas paralisadas na sequência, deixando para trás, ao invés de solução, valas abertas e armadilhas que põem em risco a vida de moradores e um suposto rombo nos cofres públicos de R$ 14 milhões.

"Eles (o prefeito Pábio e o secretário Marcus Vinícius) estão aí a 7 anos, só anunciando que entrou dinheiro e mais dinheiro, iniciando obra em cima de obra que nunca resolve nada, só piora e leva esse dinheiro todo embora. E não tem justiça nessa cidade, aqui pode roubar a vontade, que vereador nenhum faz nada, juiz nenhum não faz nada", completou o morador.

No dia 2 recente, uma chuva de cerca de cerca de 15 minutos, segundo moradores, voltou a alagar a cidade, acidentando carros, levando água e lama para dentro das casas e vias principais, interrompendo o trânsito e, por sorte, não causando consequência piores.

"Meu filho de 12 anos estava me ajudando a empurrar a lama para fora da garagem, só que o portão estava atrapalhando, aí eu abri e num vacilo a força da água em cima da minha calçada derrubou ele. A sorte é que eu estava perto e segurei na camisa dele. Se ele é arrastado, ali em baixo tem um buraco com uma manilha deixada por essa maldita obra vag**unda desse tal secretário Marcus Vinícius", comentou o morador Édson.

A enchente do dia de finados na cidade virou manchete nos maiores veículos de comunicação da região e do país, como nas TVs Globo e Record, mas sequer foram minimizadas, por exemplo, nas redes sociais do prefeito Pábio Mossoró e/ou do seu secretário de obras, que é pré-candidato a prefeito.

Nos dias que se seguiram ao incidente, o Instagram do prefeito só teve publicações de amenidades, como propaganda do Sebrae, fotos de celebrações religiosas, a premiação em um torneio de futebol amador e hoje a assinatura da ordem de serviço para a reforma da escola Madre Paulina, a anos atrasada.

Nenhum comentário




Latest Articles