Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Voto de Moraes é por 17 anos de prisão para mais 5 réus do 8/1

O STF condenou, até o momento, 25 pessoas por participarem dos atos antidemocráticos. Moraes votou pela pena de 17 anos para os cinco réus


Hugo Barreto/Metrópoles

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou, na madrugada desta sexta-feira (17/11), pela condenação de mais cinco réus pelos atos antidemocráticos de 8 de janeiro. Todas as penas são de 17 anos.

Em seu voto, Moraes rejeita todas a preliminares e julga procedente a ação pena para condenar Ana Paula Neubaner Rodrigues, Ângelo Sotero de Lima, Alethea Verusca Soares, Eduardo Zeferino Englert e Rosely Pereira Monteiro.

O julgamento ocorre no plenário virtual da Corte, e os ministros têm até 24 de novembro para votar.

Os réus foram acusados pela Procuradoria-Geral da República (PGR) pelos crimes de associação criminosa armada, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, tentativa de golpe de Estado, dano qualificado e deterioração de patrimônio tombado.

As acusações apresentadas pela PGR resultaram, até o momento, em 25 condenações. A pena mais alta aplicada foi de 17 anos.

O ministro Alexandre de Moraes, relator dos processos no STF, argumentou que se trata de um crime de autoria coletiva, quando a ação conjunta contribui para o resultado final, que, no caso, foi a depredação da Praça dos Três Poderes, em Brasília.

Além disso, o relator destacou a necessidade do pagamento de R$ 30 milhões em danos morais coletivos, em decorrência do estrago deixado pelos manifestantes.

Saiba quem são os cinco réus e as penas sugeridas por Moraes

Ana Paula Neubaner Rodrigues, 35 anos, ex-candidata a vereadora de Ipatinga (MG). Em depoimento à Polícia Federal, em Brasília, informou trabalhar como confeiteira e estar na capital para atos pacíficos. Ela estava no Palácio do Planalto quando foi detida.

Pena sugerida por Moraes: 17 anos

Alethea Verusca Soares, 48, apontada como possível financiadora de transporte de pessoas até Brasília para os atos de 8 de janeiro. Moradora de São José dos Campos, ela publicou nas redes sociais vídeos e fotos participando de acampamentos bolsonaristas na região.

Pena sugerida por Moraes: 17 anos

Eduardo Zeferino Englert, 42, é réu pela invasão dos prédios dos Três Poderes em 8 de janeiro. O caso dele começou a ser analisado em plenário virtual, mas a defesa alegou inconsistências nas acusações, e Moraes tinha pedido destaque para o plenário físico. No entanto, o incluiu novamente no julgamento virtual, só que em data posterior.

Moraes já havia votado por condenar Eduardo Zeferino Englert a 17 anos de prisão por seu envolvimento nos atos golpistas. Agora, vai proferir novo voto.

Pena sugerida por Moraes: 17 anos

Angelo Sotero de Lima, 57, morador de Blumenau (SC), se apresenta nas redes sociais como músico. No Instagram, compartilhou fotos e vídeos da participação dele em atos. Há ainda registros de incitação à cassação de ministros do STF e com pedidos de intervenção militar.

Pena sugerida por Moraes: 17 anos

Rosely Pereira Monteiro, 53, moradora de Colíder (MT), estava em prisão preventiva pela participação nos atos de 8 de janeiro, mas teve a preventiva concedida por Moraes em agosto deste ano, com a condição de medidas cautelares.

Pena sugerida por Moraes: 17 anos

Nenhum comentário




Latest Articles