Page Nav

HIDE

CLDF - Campanha Abuso Não

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Professora de Ceilândia tem destaque nacional por ensinar matemática de maneira lúdica

Kenia Holanda recebeu a medalha mérito feminino da Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura (Abrasci) por atuação na rede de ensino pública.

Lecionar matemática de uma forma lúdica por meio de diferentes projetos fez com que a professora da rede pública de ensino do Distrito Federal Kenia Holanda recebesse a medalha mérito feminino da Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura (Abrasci). Através da implementação de metodologias ativas, a professora articula uma integração da matemática ao cotidiano dos estudantes, tarefa que exige conhecimento e preparo, além de recursos adequados.


Atuando tanto nos anos finais do ensino fundamental quanto no ensino médio, atualmente a professora leciona no Centro de Ensino Fundamental (CEF) 04 de Ceilândia. Ela enfatiza que a proposta é ir além do conteúdo regular, transmitindo aos alunos o saber de forma transversal e inovadora, de forma a estimular os estudantes a visualizarem desde cedo as relações entre os conteúdos e as situações da vida, preparando-os tanto para o exercício dos saberes na vida profissional, mas também na formação humana dos estudantes, com um pensamento crítico e criativo melhor desenvolvido.

Alguns projetos realizados pela professora juntamente à escola foram a transformação de um espaço vazio em uma horta, onde são conduzidas atividades pedagógicas que vão além da matemática; a utilização do laboratório de informática de forma interativa, usando games e ferramentas de criação para fortalecer o aprendizado criativo e de navegação digital e a realização de oficinas no laboratório de matemática.

Kenia conta como surgiu o interesse pela matemática e pelo magistério. “Cresci admirando a área de exatas, sempre me sentindo atraída pelos desafios, a lógica e a clareza que a matemática proporciona”, relembra a professora. Além disso, alguns exemplos dentro da família foram fundamentais e serviram de exemplo e inspiração para que se despertasse a paixão e a vocação por lecionar. “Tive o exemplo na família do meu pai, professor de matemática, e do meu tio Nelson, professor de biologia. Tenho enorme admiração por ambos”.

A professora articula uma integração da matemática ao cotidiano dos estudantes | Foto: Divulgação

Tendo realizado a graduação em licenciatura pela Universidade de Brasília (UnB) e também realizado mestrado na mesma instituição, a professora afirma que sempre acreditou na importância da educação e que tomou como propósito de vida a transformação de vidas a partir do ensino. “É inspirador ver a determinação e a vontade de superação que muitos deles possuem. Saber que posso contribuir para mudar a realidade da vida de algum deles, ou até mesmo de apenas um aluno, é uma realização imensa como professora.” afirma Kenia.

Residência pedagógica

Como forma de incentivar a formação de novos professores e através de uma parceria com a UnB, a professora articulou o Programa de Residência Pedagógica da UnB, que promove a participação dos residentes em sala de aula. A parceria garante benefícios bilaterais de aprendizado e ensino, além de estreitar as relações dos estudantes da rede pública com a Universidade, que vão em passeios se familiarizar com o espaço e também acabam sendo incentivados a almejar o ingresso na UnB.

A Secretaria de Educação do Distrito Federal parabeniza a professora Kenia Holanda pela premiação e reconhece a importância de projetos como este para a educação pública. O reconhecimento da professora ressalta a relevância de investimentos em metodologias ativas e projetos educativos que aproximam os alunos do conhecimento de maneira prática e envolvente, preparando-os para os desafios futuros com uma visão crítica e criativa.

*Com informações da SEEDF

Nenhum comentário




Latest Articles