Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


BRASÍLIA - Polícia procura homem suspeito de atear fogo em moradores de rua

O crime ocorreu na tarde do dia 1º de janeiro deste ano e o rapaz está foragido desde então. Por este motivo, a Polícia Civil resolveu divulgar o caso

Ana Luiza Campos
ana.campos@jornaldebrasilia.com.br


Dois moradores de rua foram vítimas de tentativa de homicídio, em Taguatinga Norte. Marcos Felipe Oliveira dos Santos, 22 anos, ateou fogo em um casal que dormia na calçada de uma comercial, na QI 4. O crime ocorreu na tarde do dia 1º de janeiro deste ano e o rapaz está foragido desde então. Por este motivo, a Polícia Civil resolveu divulgar o caso agora, com intuito de encontrar o autor do crime.

O crime
O casal de mendigos dormia embaixo da marquise de um estabelecimento comercial, localizado na Avenida Samdú Norte, em Taguatinga, quando Marcos Felipe apareceu. Ele jogou gasolina nas vítimas e, em seguida, ateou fogo usando um isqueiro. No vídeo abaixo, gravado por câmeras de segurança, pode-se observar com nitidez o momento em que pessoas saem correndo em chamas. Após a ação, o criminoso fugiu.

Assista ao vídeo: 

Os alvos do crime, André Lima da Silva, 24, e Maria Madalena  Soares da Silva, 18, tiveram cerca de 40% do corpo queimado. Um terceiro morador de rua, Luis Cláudio de Souza, 47, estava próximo às vítimas no momento. Ele aparece por último no vídeo (camisa vermelha) e chegou a ser atingido na mão pelas chamas.

Todos foram socorridos por uma equipe do Serviço de Urgência Móvel (Samu) e encaminhados ao setor de queimados do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), referência, onde ficaram internados. 

A motivação
A 17ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga Norte, é responsável pelo caso. O delegado-chefe, Daniel Gomes, explica que o bandido agiu por ciúmes. "Maria teve um relacionamento amoroso com o Marcos. Durou alguns dias e ela resolveu terminar, mas ele não aceitou bem a situação", revelou ele.

Ao saber que a vítima estava com outro companheiro, o suspeito resolveu agir. Ele tinha a informação de onde o casal costumava dormir e seguiu para o local. Na mesma rua onde estavam os alvos, o autor comprou alguns litros de gasolina e o isqueiro.

Testemunhas que estavam nesses estabelecimentos, contam que ele estava descontrolado no momento e gritava que iria atear fogo em Maria e André. Uma pessoa que ouviu as declarações do bandido tentou conversar com ele e impedir a ação, mas não foi suficiente.

Tráfico e estupro
Esta já é a terceira passagem de Marcos Felipe pela polícia. A primeira aconteceu em 2010, quando foi detido e cumpriu pena por tráfico de drogas. Em relação à segunda passagem, há mandado de prisão ainda em aberto. Em 2012, ele foi acusado de estruprar a irmã, de 7 anos.

Denúncia
"Toda a investigação aponta para ele, temos testemunhas e imagens. Não há dúvida", afirmou o delegado Daniel Gomes.  "Agora queremos a ajuda da população para localizar o criminoso", concluiu. Pessoas que tiverem alguma informação sobre o caso, devem denunciar pelo 197. 

Se condenado, Marcos Felipe vai responder por tentativa de homicídio do casal e lesão corporal do terceiro morador de rua. Por estes delitos, ele pode pegar até 30 anos de prisão, com possibilidade de redução de um a dois terços da pena.

A equipe de reportagem tentou contato os responsáveis para se inteirar sobre o estado de saúde das vítimas. No entanto, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou, em nota, que o órgão, "cumprindo diversas determinações de órgãos externos, e amparada por lei, não poderá mais fornecer estado de saúde de pacientes internados na rede hospitalar, exceto casos de grande comoção e que não envolvam vítimas de crimes ou investigação policial".  


Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

Nenhum comentário




Latest Articles