Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


CASO DE POLÍCIA - Assessor sofre atentado


NOVO GAMA - O assessor do gabinete da Prefeitura, Dean André Pereira da Silva, informou que sofreu no último dia 06/03, atentado contra a sua residência, quando teve o portão da sua residência crivado de balas e após, o veículo que dirigia foi interceptado por um Fiat Uno Azul, com dois indivíduos em seu interior, próximo a prefeitura, fazendo-o procurar refúgio no Pronto Atendimento 24h até a chegada da PM.


Deam acredita que tudo foi motivado após constantes divergências entre os dois grupos, situação e oposição, que comandam a política em Novo Gama. Dean afirma que no dia do fatídico, estava participando de uma solenidade em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, quando se deparou com um suposto assessor do vereador Jerton Sodré, agredindo verbalmente uma senhora nos corredores da Câmara de Vereadores do Município. “Esse suposto assessor estava faltando com o respeito a uma funcionária da Prefeitura, deferindo-lhe palavras de baixo calão e a ofendendo por ela fazer parte do governo. Resolvemos então, eu e mais três pessoas, intervi em defesa da mulher, solicitando que ele moderasse o seu tom de voz a respeitasse, daí começou o bate-boca. O assessor então ligou para o vereador que rapidamente chegou na Câmara e começou a nos ameaçar, dizendo que ia correr atrás e que nos quatro íamos ver, batendo no braço e dizendo que ali também tinha sangue”, afirmou.

Após a discursão, Dean conta que retornou para a Prefeitura e cumpriu expediente normal. Porém quando chegava com a família em casa por volta das 3h, ele encontrou o portão de sua casa crivado de balas. Ele então solicitou apoio da PM que o auxiliou a registrar um “BO”. Quando estava se dirigindo ao Ciops do Céu Azul, o assessor teve seu veículo interceptado ao passar em frente da Prefeitura. Receoso, procurou refúgio no Pronto Atendimento 24h e novamente solicitou apoio PM que o escoltou até a unidade policial, para registro da ocorrência. “Graças a Deus não tinha ninguém em casa, bem como não conseguiram me parar no Novo Gama, pois, tenho certeza que algo de mais grave poderia ter acontecido comigo e minha família”, enfocou.

Procurado para falar sobre o assunto, o vereador Jerton informou à equipe do JSN que não iria se aprofundar no assunto, pois iria aguardar ser convocado pela justiça para tomar a providencias cabíveis. Todavia, esclareceu que os fatos não aconteceram conforme aos narrados pelo assessor Dean e que não houve qualquer tipo de ameaça contra ele. “A minha participação no assunto foi a de apenas proteger o meu assessor que foi agredido fisicamente e covardemente pelo Dean, segundo me contou via telefonia. Eu apenas transmiti ao Dean que ele (assessor) não ia deixar barato e tomaria medidas cabíveis. Isso era o mínimo que eu podia fazer naquele momento. Agora se ele entendeu como ameaça e se realmente aconteceu o que foi narrado pelo Dean, fico chateado de ter acontecido isso com a sua família, pois é uma situação que merece ser apurada, porém ele não pode gerenciar para mim o acontecei, pois nem ameaça-lo eu fiz”, se defendeu o vereador. 

Perguntado quando o receio de manter a rotina após o ocorrido, Dean foi enfático em dizer que segue tranquilo a sua rotina. “Sou uma pessoa pública e não tenho como deixar de manter a minha rotina. Desejo que isso tenha sido apenas um fato isolado e que não volte a acontecer, pois tenho família e assumi a obrigação de protege-los a todo custo”, enfatizou.

Com relação às medidas a serem tomadas, Dean informou que espera que as polícia e justiça solucionem o caso e que os culpados sejam punidos.



Nenhum comentário




Latest Articles