Page Nav

HIDE

CLDF - Campanha Abuso Não

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


SANTA MARIA - Administração divulga nota sobre invasões.


Tão logo o site do Correio de Santa Maria publicou denúncia feita pelo morador Júlio Fratelli, com relação às várias invasões de áreas públicas em Santa Maria, o administrador Nery do Brasil, por meio da sua assessoria de imprensa, emitiu nota informado dos procedimentos adotados em face do assunto. De acordo com a nota, o órgão encaminhou ofícios a diferentes órgãos de fiscalização para que sejam tomadas providências de três ocupações, supostamente irregulares, nos seguintes endereços: AC 419, CL 200/300 (próximo ao supermercado Tático), Polo JK - Trecho 1 - canteiro central (em frente à fábrica de refrigerantes Cerradinho) e da rodovia 290, em frente ao Setor Habitacional Ribeirão (Porto Rico). Ainda reiterou que foi feito registro fotográfico de lotes ocupados no Pró-DF (104/103 e 102) e que será encaminhado documento à Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico afim de verificar a situação de cada edificação. Conforme informações da SDE, a Administração irá acionar os órgãos competentes para as devidas providências. 

O administrador informou que, “de acordo com as denúncias feitas, a Diretora da Agefis, pediu uns dias de paciência, pois, assim, que fossem concluídas as desocupações no Recanto das Emas, a próxima ação seria em Santa Maria”.

De acordo com a denúncia do morador, não são apenas os lotes citados na justificativa da Administração Regional que são alvos de ocupações irregulares. “Existem mais de vinte ocupações irregulares, com mais de mil metros quadrados cada, bem como uma infinidade de obras de construção que estão sendo realizadas em esquema de mutirão, exemplo é a obra que está sendo erguida na CL 214. Tudo isso foi denunciado, porém, só justificado apenas três invasões. E o restante?”, enfatizou.

A exemplo do que noticiou o jornal Correio de Santa Maria, na edição nº 132, também deixamos claro que as várias denúncias estão sendo publicadas da forma que chegam até a redação, também por falta de comunicação entre assessores da Administração Regional e os veículos de imprensa da cidade, pois, nem sempre, esses veículos, conseguem ouvir os dois lados devido a omissão de alguns assessores que não respondem aos questionamentos. Assim, fica prejudicada é a máquina que, em muitas vezes, está funcionando, porém não divulgando suas ações. Também deixamos claro que os jornais Correio de Santa Maria e Satélite Notícias sempre tiveram o conceito de informar a notícia de acordo com que ela é. Assim, não temos outro propósito a não ser defender a comunidade de Santa Maria. “Governos passam, porém e a cidade fica”.



Nenhum comentário




Latest Articles