Invasões com os dias contados – Ocupações irregulares serão retiradas e responsáveis poderão responder por grilagem

Administrador afirma que os ocupantes que não estiverem legais, terão que desocupar os lotes ocupados. Ele ainda falou da sua gestão


Recentemente, Santa Maria passou a ser um verdadeiro canteiro de obras “irregulares” e ocupação de áreas públicas, por pessoas se valendo de cessões de direito, feitas em cartórios de outras regiões. Documentos esses, segundo o administrador da cidade, no “mínimo suspeitos”. De acordo com Nery do Brasil a sua gestão conhece dos casos, porém no momento, não pode fazer muita coisa a não ser fiscalizar, devido os ocupantes estarem se valendo de tais documentos que dão o direito a ocuparem os lotes. Fato disso, são as áreas ocupadas na extensão da avenida Santa Maria, na altura do campo sintético, aproximadamente dez, que foram erguidas de uma única vez e da noite para o dia.

Nery afirmou que todas ocupações estão sendo monitoradas e foram informadas à órgãos do governo, responsáveis pela questão fundiária e que em breve o governo irá dar uma resposta para a comunidade. Ainda de acordo com o administrador, todos os que tiverem em situação irregular, terão que desocupar os terrenos, repararem o “suposto” dano ambiental que por ventura tenham causado, além de serem responsabilizados judicialmente pelos atos.

Outro fato que está preocupando o administrador, se refere a questão de herdeiros estarem em litigio com o governo. “Por determinação da justiça, o governo já está mapeando as áreas para saber o que é público e o que é particular. A partir de então, poderemos atuar para coibir algumas ocupações de pessoas que se dizem “quilombolas” e estão reivindicando, sem consultar os órgãos públicos, algumas áreas da nossa cidade”, explicou o administrador.


Ao assumir a administração da cidade, Nery se deparou com várias construções “supostamente” sem qualquer documentação. Todavia, ele explicou que apesar de serem construídas de forma “irregular”, tratam de comércio que atualmente fomentam emprego e renda para a cidade. Assim, acredita que “acha melhor combater a invasão de terras para fins de especulação, a impedir uma obra que vai gerar emprego e renda para a cidade”.

Administração

O maior desafio encontrado na Administração da cidade, segundo Nery foi a falta de maquinário para desenvolver as várias ações que a cidade até hoje carece. Ele acredita que em poucos dias esse problema estará solucionado, uma vez que já estão sendo contratadas as empresas que irão oferecer o maquinário. “Algumas cidades já foram contempladas e acredito que Santa Maria será atendida no próximo pacote”. Ele ainda explicou que apesar da carência, sempre teve o apoio do governo, bem como de empresas públicas e outros órgãos de governo para a realização de algumas ações emergenciais na cidade.

Diálogo

Um dos principais problemas enfrentados por gestores é o diálogo com lideranças locais. Com Nery a situação foi diferente. Segundo ele, há diálogo aberto com as lideranças e todas as conversas até o momento surtiram efeito. “Não tenho problemas com as lideranças de Santa Maria, pois eles estão constantemente em contato com a Administração Regional e sabem da nossa realidade. Todavia, acreditam que as coisas estão acontecendo e torcem pelo sucesso da nossa administração”, enfocou.

Infraestrutura

O administrador informou que tão logo as máquinas cheguem na cidade, serão efetivados a operação tapa-buracos e reparos em toda a estrutura se fizer necessário. “Fomos uma das cidades privilegiadas com a operação tapa-buracos. Porém, temos setores que ainda precisam de serem atendidos. Assim, estamos apenas aguardando chegar o maquinário que iremos dar prioridade, não somente a esse, e sim a vários outros problemas que possuímos”.

Com relação ao Porto Rico, Nery informou que está concluindo o trabalho paliativo e que, de acordo com informações do GDF, assim que for concluído o processo de liberação da área, o setor irá receber os investimentos necessários. “Essa é uma preocupação do governo e que será dada prioridade, pois a comunidade de lá, não aguenta mais viver naquelas condições. É uma preocupação do governo é que acredito que será resolvido em breve”.

Cultura, Esporte e Lazer

Nery informou que estão sendo realizadas várias ações favoráveis a cultura, o esporte e o lazer da cidade. A administração está realizando eventos em várias quadras, além de colônias de férias, com atendimento à 130 crianças carentes, desenvolvendo ações com internos do Caje, por meio do Projeto Resgatando Homens e outras tantas ações. O apoio ao esporte também está sendo prioridade segundo Nery. “São pequenas ações que estão surtindo efeito e elevando a autoestima da comunidade”.

Saúde

Na área da saúde, o administrador falou que o órgão está apoiando, dentro das limitações, para que a oferta seja mais eficaz. Para tanto, a administração cedeu para regional de saúde duas edificações para a para a implantação de pontos de atendimento o que trará maior comodidade para a população. Uma das problemáticas, e que sobrecarrega o hospital da cidade, segundo Nery, é o fato da a comunidade pouco procurar os postos de saúde e sim o hospital regional. “Assim, ocorre a superlotação e nem sempre a comunidade não consegue ser atendida”.

Satisfação

Por fim, Nery informou que satisfeito satisfeito em administrar a cidade, pois, se tratava de um sonho antigo. Ele tem a esperança de poder colocar em pratica tudo aquilo que sempre sonhou para a Santa Maria. Com relação ao possível rompimento do seu partido com o governo, ele acredita que isso não irá acontecer. Todavia, se acontecer, ele irá reunir-se com o partido para decidir que rumo tomar, sempre visando o bem estar da cidade.


Fonte - Agência Satélite

Postar um comentário

0 Comentários