Mulher tem corpo incendiado após ser estuprada e torturada em PE

Segundo família, a vítima tomava remédios controlados e tinha acompanhamento psicológico



Uma mulher de 32 anos morreu carbonizada depois de ser estuprada e torturada dentro de casa na zona rural de Cabo de Santo Agostinho, no interior de Pernambuco, na noite de segunda-feira (8). O suspeito ainda não foi identificado 


Segundo a polícia, o suspeito teria arrombado a janela da casa para ter acesso ao quarto de Fabiana Maria de Moraes. Por volta das 15h, vizinhos ouviram gritos


O pai de Fabiana chegou a ir à casa da filha pouco antes do incêndio para ter notícias dela e foi atendido pelo criminoso. 

— Eu chamei ela (sic) e ela não respondeu. Aí, eu vi um cabra na sala. Ele disse que ela tinha ido comprar um lanche para a gente comer


Vizinhos também viram o suspeito sem roupas na sala de Fabiana


Por volta das 19h, a casa já estava em chamas. O suspeito havia fugido


Após o incêndio, a vítima foi encontrada morta e seminua. A polícia ainda não tem informações do suspeito


Ao lado do corpo, foram encontradas uma panela de pressão e uma cadeira


De acordo com parentes da vítima, ela tomava remédios controlados e frequentava um centro de apoio psicossocial da cidade.



Fonte - R7.com

Postar um comentário

0 Comentários