Preso casal suspeito de roubar residência e esfaquear criança no Lago Norte

O crime ocorreu no dia 6 de janeiro. O filho da proprietária foi atingindo enquanto tentava protegê-la durante o assalto

Tainá Morais
taina.morais@jornaldebrasilia.com.br


Na madrugada dessa quinta (28), após trabalho de investigação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), foi preso, no Itapoã, um casal acusado de roubar uma residência e, durante o assalto, esfaquear uma criança no Lago Norte. O crime ocorreu no dia 6 de janeiro deste ano, por volta das 1h30. 

O acusado Kleber Eduardo Santos do Nascimento, 28 anos, teria entrado na casa sozinho com uma faca, enquanto sua mulher, Maria José dos Santos, 31 anos, o aguardava em uma parada de ônibus, próximo ao local. As câmeras de segurança da residência registraram o momento em que o assaltante entrou no local e rendeu a dona da casa, pedindo para que ela entregasse todas as joias e relógios que possuísse.

Nesse momento, o filho da mulher, de 12 anos, teria acordado ao escutar o barulho ocorrido no quarto da mãe. Ao tentar protegê-la, ele foi para cima do criminoso. Em seguida, ele foi jogado no chão e esfaqueado. Apesar do ferimento, A saúde da criança é estável.

Kleber relatou à imprensa que as facadas desferidas foi apenas um acidente. "É impossível não ter sido intencional, pois ele esfaqueou a criança quando ela já estava caída no chão e indefesa", conta a delegada da 9ª Delegacia de Polícia, Nélia Maurício Vieira.

"Fiquei perplexa e surpresa com tamanha frieza e riqueza de detalhes que ele relatou sobre o crime durante a interrogação", completa Nélia. De acordo com a delegada, antes do crime, o casal teria recebido diversas informações de uma terceira pessoa de que a dona da casa portava um armário com joias e vários relógios guardados em sua residência, e que ela morava sozinha com o filho.

Ainda segundo a delegada, essa terceira pessoa prestava serviços na casa da vítima há um tempo. "No dia do roubo, ela não estava presente no local, com medo de ser reconhecida pelos moradores", diz a delegada. 

Além das joias, relógios e dinheiro, o suspeito também roubou o aparelho celular da vítima com dois chips. Um dos chips, ele utilizou ontem para realizar ligações aos familiares. Do que foi subtraído, ele vendeu quatro relógios e o celular, o restante ficou na posse dele. "O mais incrível é que ele vendeu o celular com o chip da vítima, que também será apreendido nas próximas horas para as investigações", diz a delegada.

A Polícia Civil informou que já tem o paradeiro do informante que manteve contato a todo momento com o casal e que, provavelmente, ele será preso nas próximas horas.

Com a prisão deste casal, foi desvendado um outro roubo que também envolvia uma criança no Lago Norte e que, por coincidência, Kleber também estava envolvido. Após as vítimas reconhecê-lo, ele confessou o outro crime. O casal já tinha passagem por roubo, e ele era foragido da Justiça.

Ainda de acordo com a delegada, as investigações continuam para realizar as prisões de todos os envolvidos nos roubos realizados na região. 

Relembre o caso 

Uma criança de 12 anos foi esfaqueada ao reagir a um assalto à residência, por volta de 1h30 desta quarta (6), na QL 15 do Lago Norte. A mãe do menino dormia em seu quarto quando foi surpreendida pela presença do assaltante. 

Ameaçando a mulher e portando uma faca, o suspeito pediu que a vítima abrisse o cofre da casa e lhe entregasse joias e dinheiro. Logo em seguida, o assaltante a levou para o closet, onde foi surpreendida com um golpe de gravata, informou a Polícia Civil.

No momento da agressão, o menino agarrou o suspeito por trás com o objetivo de defender a mãe. Nesse momento, o homem virou-se rapidamente para o menor e o esfaqueou na altura do peito. 


Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

Postar um comentário

0 Comentários