Travesti entra na PM, quer mijar de cocoras e vestir saia, em Alagoas


Um fato inusitado tem causado muita confusão no curso de formação de soldados da Polícia Militar de Alagoas. Um aluno aprovado no curso de soldado, que assumiu ser homossexual, agora quer fardamento feminino, usar banheiro feminino, não quer cortar o cabelo.

“Ele” chegou no primeiro dia de treinamento acompanhado do seu advogado para ter suas exigências aceitas. Uma liminar já foi expedida em favor da “militar”. Se a moda pega!

Ouça o aúdio: Audio Player


Fonte O dia noticias MA

Postar um comentário

0 Comentários