Ribeirão Santa Maria passa por limpeza


A Administração Regional de Santa Maria em parceria com o grupo Pró-Culturarte e a SERPAJUS (Serviço de Paz, Justiça e Não-Violência), realizou mais um mutirão de limpeza nas proximidades do Ribeirão Santa Maria. A ação aconteceu na última quinta-feira (19).

Baseada na frase "Vamos Salvar o Ribeirão Santa Maria", lema do líder comunitário Salvador Gomes, popularmente conhecido por “Sassá”, a ação teve por objetivo limpar as margens do ribeirão, retirando garrafas, plásticos, papel e outros tipo de lixo que colocavam em risco a sobrevivência do ribeirão, poluindo suas águas e degradando o meio ambiente.


Ao todo foram recolhidas centenas de quilos de lixo. “Há a necessidade de que os frequentadores do parque se conscientizem de que aqui é uma área de preservação permanente, além de ser um dos cartões postais da cidade, se não for o principal, e que preservar esta área não é somente consciência e sim uma responsabilidade a ser assumida por cada um dos frequentadores do local. Caso contrário o tempo de vida deste local e sua fauna será curto”, disse Sassá.

O mutirão contou com a participação de duzentos alunos do Centro de Ensino Médio 404, sob a coordenação do diretor Felipe de Lemos, do Centro de Ensino Fundamental 308, sob a coordenação da diretora Ana Márcia e da Escola Classe 116.

Ao todo mais de duzentas pessoas, entre alunos, professores, servidores públicos e colaboradores, participaram do mutirão que foi classificado pela Administração Regional como positivo para a cidade. “Os alunos interagiram bem e atenderam ao pedido das escolas. Além disso, muitos desses passaram a conhecer mais essa maravilha de Santa Maria que para muitos ainda era oculta e aprenderam o significado da palavra preservação”, enfocou o administrador Hugo Gutemberg.

A Secretaria de Meio Ambiente, SLU, Bombeiros, Polícia Militar e Guarda Mirim de Santa Maria também deram apoio com fornecimento de material logístico e pessoal para a realização da ação. 

Para o estudante Matheus Sávio de Araújo Neto, a importância de ações semelhantes é imensurável para a cidade e ao aprendizado dos alunos. “Hoje aprendi algo novo que não é somente preservar e sim o trabalho que dá consertar os erros dos outros, ou seja, aprendi duas vezes a não degradar o meio ambiente. Se cada um fizer a sua parte o nosso mundo será muito melhor e agradável de se viver”, finalizou.

Mais informações sobre o Ribeirão Santa Maria e outras ações de preservação ambiental, falar com o gestor ambiental Salvador Gomes (Sassá), na Administração Regional de Santa Maria ou pelos telefones 3392-8480 / 98509-0727 whatsapp.



Fonte - SantaOnline

Postar um comentário

0 Comentários