Anderson Silva se naturaliza cidadão dos EUA: "Acho que este é meu país agora"

Lutador brasileiro e dois de seus filhos fazem juramento em cerimônia de naturalização em massa em Los Angeles. Ele se junta a nomes como Vitor Belfort e Cris Cyborg

Mario Tama/Getty Images

O lutador brasileiro Anderson Silva, 44, se tornou cidadão dos EUA numa cerimônia de naturalização em massa na terça-feira passada, em Los Angeles, junto aos seus filhos Kaory, 23, e Kalyl, 20. Os três fizeram o juramento de cidadania entre cerca de 8 mil imigrantes no Los Angeles Convention Center, e cantaram o hino nacional americano.

"Spider" vem buscando cidadania americana há uma década. Ele mora em Los Angeles há 10 anos e levou seus filhos para os EUA há sete anos.

- Eu me sinto muito feliz, sabe, é um grande momento para mim e minha família. Tudo o que os EUA (deu) a nós, é hora de devolver - disse Anderson à agência de notícias "Associated Press" (AP).

O ex-campeão dos pesos-médios do UFC é mais um atleta brasileiro de MMA a obter a cidadania americana nos últimos anos. Outros grandes nomes que se naturalizaram incluem Vitor Belfort e Cris Cyborg. Anderson surpreendeu ao dizer que respeita o Brasil, mas se sente americano.

- Eu tenho minha família no Brasil. Eu tenho minha mãe e meus irmãos no Brasil. Mas acho que este é o meu país agora - disse, segundo a AP. Ele também comemorou que poderá trazer mais oportunidades à sua família nos EUA.

A esposa de Anderson, Dayane, e seus outros filhos (Gabriel, Kauana e João) também compareceram à cerimônia, mas ainda estão passando pelo processo de naturalização.


Fonte - Combate.com

Postar um comentário

0 Comentários