DISTRITO FEDERAL Gerente lamenta morte de jovem que se engasgou com carne: “Dolorido”

Aranir Rohden, que gerencia a Fogo de Galpão, em Taguatinga Sul, acompanhou velório de Thaina Mendes, 28 anos, nesta quarta (24/07/2019)

JACQUELINE LISBOA/METRÓPOLES

O corpo de Thayna Bittencourt de Souza Mendes foi enterrado nesta quarta-feira (24/07/19). A jovem de 28 anos morreu na tarde de terça-feira (23/07/2019), nove dias depois de se engasgar com um pedaço de carne na churrascaria Fogo de Galpão, no Pistão Sul. O gerente do estabelecimento, Aranir Rohden, compareceu ao sepultamento e lamentou a perda.

“É uma fatalidade. Fico sem palavras para descrever o sentimento, que é dolorido. A mãe dela me ligou e deu a notícia ontem [23/07/2019] à tarde. Acabo de sair do velório dela, que foi bonito, mas realmente muito triste”, afirmou. Ele era amigo da família, que almoça no local com bastante frequência.

“Minutos de pavor”, diz dono de lanchonete onde homem morreu engasgado
Amigos lamentam morte de dentista que engasgou com sanduíche

O gerente testemunhou o momento em que Thayna engasgou, no dia 14 de julho. “Foi tudo muito rápido. O que pudemos fazer de primeiros socorros, fizemos. Havia um cliente que é médico perto e ele também ajudou. Em poucos minutos, os bombeiros chegaram com ambulância e helicóptero. Os paramédicos conseguiram desengasgá-la. Depois, ela foi embora na ambulância. Ficamos preocupados”, ressaltou Aranir, um dia depois do ocorrido.

O socorro foi acionado imediatamente e, após a chegada do Corpo de Bombeiros, os militares começaram os procedimentos de reanimação cardiopulmonar. Os socorristas conseguiram restabelecer os sinais vitais e a jovem foi levada de helicóptero para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Posteriormente, foi transferida para o Hospital Brasília, no Lago Sul. Ela não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.


Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários