PCDF apreende celular de jovem que vazou vídeo íntimo de ex no grupo da família

Ação criminosa ocorreu após briga, um dia depois de a vítima, uma jovem de 23 anos, ter deixado o lar do casal. Imagem circulou no WhatsApp

MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL

Policiais da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2) deflagraram a Operação Exposed, na manhã desta quinta-feira (28/1), e deram cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido contra um jovem de 23 anos investigado por ter divulgado vídeo íntimo da ex-companheira em um grupo de WhatsApp de familiares de ambos os envolvidos.

A ação criminosa ocorreu após briga. Um dia depois de a vítima, também de 23 anos, ter deixado o lar do casal. Na operação realizada nesta quinta, policiais apreenderam o celular do investigado.

O crime está previsto no artigo 218-C do Código penal, que tipifica a conduta de divulgar, por qualquer meio — inclusive por meio de comunicação de massa ou sistema de informática ou telemática —, sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez ou pornografia. O delito prevê pena de reclusão, de 1 a 5 anos.

O acusado está sujeito a aumento de pena de um terço a dois terços, pois praticou o crime contra pessoa com quem manteve relação íntima de afeto e com o fim de vingança ou humilhação.

Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários