Page Nav

HIDE


Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


SENSATO 3 - Marco Aurélio Mello isenta Bolsonaro e culpa STF pelo TERRORISMO em Brasília.


O ex-decano do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello afirmou ao Globo que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) não tem culpa sobre a invasão protagonizada por seus simpatizantes ao Congresso nacional neste domingo (8). Ele também culpou o Supremo pelos atos.

Marco Aurélio questionou onde esteve o Estado e por qual motivo não previu e não tomou as providências cabíveis para evitar a invasão. O Congresso nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto foram atacados.

“Estou estarrecido e a única indignação que faço é? Onde esteve o Estado que não previu isso e não tomou as providências cabíveis? Refiro-me ao Estado como um grande todo, não apenas ao Governo do Distrito Federal. É algo impensável ter o STF depredado, ter o Congresso Nacional depredado, como ocorreu. Vamos fechar o Brasil para balanço”, afirmou.

“Não lembra o Capitólio porque foi muito pior do que houve no Capitólio. Lá teve resistência. E a repercussão internacional aqui é péssima A insegurança jurídica é total para o Brasil. O que o investidor financeiro vai pensar disso aqui? Que é uma república das bananas”.

O ex-ministro do STF evitou responsabilizar o ex-presidente pelos atos antidemocráticos ocorridos em Brasília. “Os responsáveis estão no Brasil, no território nacional, considerando as forças repressivas, as Forças Armadas. Bolsonaro não tem domínio dessas forças que estão na rua. Ele não tem culpa, está a quantos quilômetros daqui?”, questionou.

Ele também apontou o dedo e culpou o próprio Supremo. “Falhou todo mundo, e começou a falha no próprio STF, quando ressuscitaram politicamente o ex-presidente Lula, dando o dito pelo não dito, quando enterraram a Lava Jato, quando declararam a suspeição do Sérgio Moro, que veio a ser resgatado politicamente pelo Estado do Paraná. P que começa errado, nós aprendemos quando garotos, não acaba bem”.

Fonte - DCM (diário do centro do mundo)

Nenhum comentário




Latest Articles