Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


Em alerta vermelho por calor, DF tem chance de chuva só a partir de 5ª

Inmet emitiu alerta vermelho para onda de calor de grande perigo até quarta-feira (15/11), às 23h59


Daniel Ferreira/Metrópoles

Com a onda de calor que se instalou em todo o país, boa parte das capitais federais registraram temperaturas acima de 35°C nesse domingo (12/11). Nesta segunda-feira (13/11), o cenário não é diferente. No Distrito Federal, a temperatura mínima ficou em 15°C e máxima pode chegar aos 36ºC.

A umidade relativa do ar vai variar entre 90% e 15%. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que o calor e a baixa umidade devem continuar pelo menos até quarta-feira (15/11), apresentando possibilidade de chuva nos dias seguintes.

“As temperaturas continuam elevadas ao longo dos próximos dias com aumento das chances de chuva a partir da segunda parte da semana. Mesmo assim, o calor persiste. A tendência é de tempo quente e seco”, explica o meteorologista Heráclio Alves.

Alerta vermelho

O Inmet emitiu, na sexta-feira (10/11), alerta vermelho de grande perigo. O fenômeno ocorre em pelo menos seis estados, além do Distrito Federal.

O aviso vale até quarta, às 23h59. O alerta vermelho indica grande perigo ocasionado pelo aumento das temperaturas. Dessa forma, os termômetros podem registrar 5°C acima da média por período maior do que cinco dias.

Mesmo com o calorão, o Distrito Federal ainda não chegou a registrar neste ano a temperatura mais alta da história. Até agora, o recorde de 2023 é de 36,7°C, em 24 de setembro.

A máxima histórica é de outubro de 2020, quando os termômetros atingiram 37,8° C, segundo o Inmet. À época, o Brasil também estava em alerta vermelho devido ao calor e à baixa umidade.

A temperatura máxima de novembro de 2023 ocorreu no último sábado (11/11). A Estação Meteorológica do Gama registrou temperatura de 35,5ºC.

Nenhum comentário




Latest Articles