18/05/2015 11h14 - Atualizado em 18/05/2015 11h37 Por moradia e auxílio-aluguel, grupo ocupa Secretaria de Fazenda do DF

Grupo reivindica moradia e pagamento de auxílio-aluguel. PM estimou em 500 os manifestantes; organizadores, em 1,3 mil.

Luciana AmaralDo G1 DF
FACEBOOK


Integrantes do Movimento por Moradia de Brasília, dissidentes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, ocuparam o saguão do prédio da Secretaria de Fazenda do Distrito Federal na manhã desta segunda-feira (18) em uma manifestação por moradia e pagamento de auxílio-aluguel. O benefício é pago por um ano pelo GDF a pessoas inscritas em programas habitacionais mas que ainda não foram contempladascom moradia.

saiba mais
Manifestantes sem-terra ocupam prédio do Incra em Brasília
Por doação de áreas, MST ocupa entrada da Terracap, em Brasília

"A gente quer o auxílio para 1,4 mil famílias. Tem uns que estão atrasados. Também queremos o cadastro na Codhab. Somos de Planaltina, Brazlândia, Recanto das Emas, Ceilândia e Samambaia", disse um dos líderes do grupo, Edson Silva.

O subsecretário de Movimentos Sociais e Participação Popular, Acilino Ribeiro, esteve no local para negociar com os manifestantes. "Chamei outros secretários, como o da Habitação, o do Desenvolvimento Social e o de Fazenda. Vamos ver as demandas e atendê-las na medida do possível dentro da legalidade."

Ribeiro informou que comissões do governo e dos manifestantes foram formadas e se reuniram às 11h20. Ele afirmou que o auxílio-aluguel foi pago em dia. "Foi a informação que recebi. Se não foi depositado é porque deve ter ocorrido algum probleminha operacional ou devem receber até a meia-noite."

A faxineira Iracema do Nascimento mora em uma casa de Brazlândia com a ajuda dos R$ 600 repassados pelo governo. "Vim aqui porque esse negócio de pagar aluguel nem sempre dá certo. Quero meu lugar próprio."

Entretanto, questionadas pelo G1, outras mulheres falaram que não sabiam o motivo do protesto. "É a primeira vez que venho. Chamaram a gente numa reunião hoje de manhã lá em Brazlândia", comentou uma mulher que preferiu não se identificar.

Manifestantes no saguão da Secretaria de Fazenda do Distrito Federal (Foto: Luciana Amaral/G1)

Cerca de 500 manifestantes participavam do protesto, segundo a PM. Líderes do movimento estimaram em 1,3 mil o número de participantes. Até 10h40, não havia registro de tumulto, mas policiais militares que saíram do prédio foram vaiados pelos manifestantes.


Fonte - G1/DF

Postar um comentário

0 Comentários