Secretaria Municipal de Assistência Social realiza passeada contra exploração de crianças e adolescentes

IMG_4495
Nesta segunda feira (18) a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social promoveu a passeata contra a exploração de sexual de crianças e adolescentes.

Nesta mesma data, precisamente na década de 1970, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta que nunca foram punidos. A data então ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

Para Adaildo Santos, subsecretário municipal de defesa da mulher, esta ação é de extrema importância para o município, pois é uma forma de educar e transmitir segurança as crianças e adolescentes de nossa cidade. “Esta ação é muito importante para o município. Devido à educação que podemos dar e a segurança que podemos transmitir para as nossas crianças.”

As moradoras, dona Raimunda Silva e a dona Maria do Carmo aprovaram a ação realizada pela prefeitura. Raimunda que é moradora do bairro Vila União há 45 anos ressalta que estas ações orientam as pessoas e diminuem a violência na cidade. Dona Maria do Carmo que é moradora do bairro Pedregal há 40 anos, afirma que esta ação deveria ser realizada mais vezes no ano. Ela também enfatiza que a promoção desta passeata trará resultados bons para o município.


O evento contou com a participação dos alunos do Colégio Estadual Novo Gama que durante a passeata tocaram numa fanfarra e com o apoio da coordenadora do “Projeto Sempre Jovem 3º idade” da Secretaria de Assistência Social, Rosa Irene.

De acordo com, Rosa Irene é necessário que a população de Novo Gama se conscientize. Ao ver uma criança ou adolescente sendo explorado/abusado, ligue no disque 100 e denuncie. “É preciso comunicar a população de Novo Gama para que a violência não tome conta de nossa cidade. Se alguém souber ou presenciar alguma criança ou adolescente sendo explorado/abusado, ligue no disque 100 e denuncie.”



Fonte Ascom Novo Gama
Leia esta e outras matérias em www.agenciasatelite.com

Postar um comentário

0 Comentários