Colisão entre carro e ônibus deixa 6 mortos na Zona Norte de Manaus (ATENÇÃO, IMAGENS FORTES E CHOCANTES)

Motorista e passageiros de carro morreram no acidente, nesta quarta (22). Quatro mulheres e dois homens estão entre as vítimas, diz IML.

Adneison Severiano e Leandro TapajósDo G1 AM*

Duplo sentido da via ficou interditado (Foto: Everaldo Pereira/Arquivo Pessoal)

Um acidente envolvendo um carro e um ônibus nesta quarta-feira (22) resultou na morte de seis pessoas. Segundo informações do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), a colisão ocorreu na Avenida Margarita, Zona Norte de Manaus, por volta das 6h.

"Na descida dessa avenida eles colidiram, perdendo controle, contra o canteiro central e passaram para contramão. Na contramão encontraram com o veiculo ônibus que estava descendo. Nessa colisão, em que havia seis pessoas nesse [carro modelo] Voyage, as seis chegaram a falecer. Eles estariam durante a madrugada bebendo", disse o delegado.

De acordo com o delegado plantonista do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Jeferson Oliveira, um mototaxista relatou à polícia que presenciou o acidente.

O mototaxista Milton da Mota, de 43 anos, informou ao G1 que viu o grupo em um posto de conveniência no bairro Cidade de Deus minutos antes da colisão. "Eles estavam bem felizes. Tinham quatro mulheres e dois rapazes. Eles saíram do posto cantando pneu. Depois de uns 20 minutos, passei pelo local do acidente. Quando me aproximei vi que o carro era o que estava no posto fiquei horrorizado. As pessoas ficaram mutiladas e eu tinha acabado de ver todos felizes. Sempre vejo pessoas muito jovens bebendo e dirigindo em seguida, saindo em alta velocidade. É uma coisa muito triste. Geralmente o jovem não pensa na consequência", disse.

Colisão ocorreu na Avenida Margarita, por volta de
6h (Foto: Divulgação/Manaustrans)
De acordo com Manaustrans, todos os ocupantes do carro morreram no local do acidente. A colisão ocorreu próximo da Reserva Adolpho Ducke, no sentido Nova Cidade/ Cidade de Deus.

O coletivo envolvido no acidente transportava funcionários de uma empresa do Polo Industrial de Manaus (PIM).

Segundo informações da empresa de transporte proprietária do ônibus, nenhum passageiro ficou ferido. O motorista deve prestar depoimento na polícia sobre o ocorrido.

Equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar (PM), Manaustrans e Polícia Civil estiveram no local. A Avenida Margarita precisou ser interditada durante o trabalho de remoção das vítimas, que foram levadas ao Instituto Médico Legal (IML).

O IML informou que quatro mulheres e dois homens estão entre as vítimas. Todas sem documentos no momento do acidente.

Manaustrans foi acionado para controlar o trânsito na área (Foto: Everaldo Pereira/Arquivo Pessoal)

O motorista e um passageiro do ônibus atingido prestaram depoimento na Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (DEAT). Segundo o delegado Luiz Humberto Monteiro, a Polícia Civil vai apurar as causas da batida. "Vai ser feito inquérito para investigar as causas do acidente, que deve ser concluído dentro de 30 dias", disse ao G1.

O titular da DEAT informou ainda que aguarda a identificação das vítimas para que sejam realizados exames toxicológicos. As duas testemunhas que prestaram depoimento confirmaram a mesma versão para o ocorrido. Segundo ambos, o carro estava em alta velocidade quando o motorista perdeu o controle do veículo, invadiu a contramão e atingiu o ônibus. O delegado espera ainda o comparecimento de familiares dos seis mortos no acidente.
















(*Colaborou Suelen Gonçalves do G1 AM)

Postar um comentário

0 Comentários