Tainá Morais

Um homem de 31 anos foi preso nesta quarta-feira (8), no Varjão, suspeito de praticar, pelo menos, três estupros na região da Asa Norte. Ele é evangélico e participa da banda de uma igreja como saxofonista. Segundo a delegada-chefe da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher, Ana Cristina Melo, Daniel Queiroz confessou apenas um dos crimes.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito seguia um padrão nas abordagens, que ocorriam geralmente entre os dias 8 e 30 do mês, por volta das 20h. Ainda segundo a delegada, ele costumava ameaçar as vítimas com uma faca e as obrigavam a ter relações sexuais com ele no mesmo local.

“Muitas vezes ele nem tirava a roupa, só afastava a calcinha das mulheres e praticava o ato sexual. Em um dos casos ele chegou a roubar o celular de uma das vítimas”, relatou Ana Cristina.

O suspeito morava com os pais, que ficaram surpresos com a prisão do filho. “Os pais ficaram em choque, pois Daniel demonstrava ser uma rapaz tranquilo”, informou a delegada.

A delegada acredita que após a divulgação das imagens do suspeito irão aparecer outras vítimas. Se condenado, ele poderá cumprir pena de seis a dez anos de prisão por cada estupro, além de quatro a dez anos por roubo.



Fonte - Jornal de Brasília