De olho nas contas da Câmara


“Batata do presidente da Câmara está assando” e vereador promete investigar a fundo as contas da atual gestão, pois suspeita de ilicitude da presidência no manejo das contas do órgão.


Na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Novo Gama, realizada na manhã da última quinta-feira (3), o vereador Narciso de Carvalho (Prós) apresentou requerimento solicitando que seja disponibilizada para exame dos parlamentares a documentação alusiva à comprovação das despesas do Poder Legislativo Municipal, referente aos exercícios de 2013 e 2014. 
Narciso se disse indignado com tamanha falta de respeito por parte da presidente do Legislativo Municipal, vereador Alan do Sacolão (PRB), tendo em vista que é inadmissível que a prestação de contas tenha que cobrada em Plenário para análise dos demais vereadores.
“Tivemos que fazer por meio de requerimento, uma vez que não obtivemos resposta quando solicitamos de outra forma. Assim, o nosso gabinete ao solicitar tais informações, encaminhou cópia ao Ministério Público, pois somente assim, entendemos que tenhamos alguma resposta”, justificou o vereador.
Tão logo terminou a sessão, o presidente da Câmara convidou os vereadores para uma reunião no gabinete da presidência e “apresentou de forma verbal”, as contas da sua gestão na câmara.
Outros vereadores lamentaram a postura da atual presidente, uma vez que mesma deveria dar exemplo de transparência e não descumprir as leis. “Ele disse que na sua gestão iria sobrar dinheiro em caixa e o que estamos presenciando é um rombo sem dimensão, tanto que mais de oitenta por cento dos servidores foram exonerados e outros benefícios foram cortados”, afirmou um vereador oposicionista.
Um fato que chamou a atenção de Narciso e que possa justificar o requerimento é a atual situação que passa o órgão devido à falta de material básico de trabalho, entre os quais está tinta de impressão, resma de papel, bem como sabão e papel higiênico. “O negócio aqui está feio. Acredito que nunca a Câmara passou por uma situação dessas de falta material de primeira necessidade”, completou Narciso.
Sem maiores discussões o requerimento foi lido em plenário, todavia, não foi posto em votação pelo presidente, bem como não se tem informações sobre a posição de Alan se irá coloca-lo em pauta nas próximas sessões.



Fonte – Agência Satélite
Texto – Celso Alonso
Fotos – Agência Satélite




Postar um comentário

0 Comentários