Cidade Ocidental: referência em educação!


Na contramão da crise que se apresenta para os municípios, Cidade Ocidental amplia vagas e reforma escolas.

O acesso à educação é direito garantido pela Constituição Federal de 1988 e, para dar mais aplicabilidade à este ordenamento jurídico o PNE – Plano Nacional de Educação prevê entre as suas 20 metas a universalização da educação infantil. A ideia é acolher no ambiente escolar, as crianças entre 04 e 05 anos de idade, mas na prática os municípios enfrentam grandes obstáculos para implementar o Plano e cumprir suas metas e objetivos.

Resultados positivos
Em Cidade Ocidental o quadro apresentado pela Secretaria Municipal de Educação prova que com planejamento, responsabilidade e vontade política é possível avançar e reverter o desânimo que pesa nos ombros de gestores e professores que no dia a dia buscam ofertar uma educação de qualidade. Desde o início da gestão os resultados apontam um novo tempo na educação municipal seja com o aumento nunca antes visto da oferta de vagas, ou com a impactante reforma de todas as unidades de ensino, incluindo cobertura de quadras poliesportivas e a construção de salas de aula.

Lugar de criança é na escola!
Dando continuidade à expansão de vagas a Prefeitura Municipal, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, inaugurou nesta segunda-feira (19) a extensão do CMEI Heraldo Tavares, no bairro Nova Friburgo. A nova unidade de ensino funciona sob a Direção da Professora Antônia Neli e carregará o nome de outra Servidora que, durante toda a vida, contribuiu para a educação em nossa cidade – a Professora Maria Marleide. O prédio oferece aos educandos uma estrutura ampla, com acessibilidade, funcionando em dois turnos e atendendo 356 crianças.


Fonte - Dayse Rodrigues / Assessoria de Comunicação

Postar um comentário

0 Comentários