GOIÁS-Noivo é preso horas antes de se casar suspeito de roubar e tentar matar motorista de...

Resultado de imagem para GOIÁS-Noivo é preso horas antes de se casar suspeito de roubar e tentar matar motorista de...

Um noivo de 21 anos foi preso horas antes do casamento dele por suspeita de roubar e tentar matar um motorista de aplicativo de celular, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Policiais militares o localizaram na porta de uma igreja, no sábado (10). 

“Ele ia se casar nesse dia. Ele estava na igreja verificando os trâmites, acompanhando a organização”, disse ao G1 o tenente Cridiney Teixeira dos Santos. 

A prisão do rapaz aconteceu por volta das 17h30, no Setor Nova Cidade, após uma denúncia anônima. De acordo com os policiais, inicialmente, ele negou participação na tentativa de latrocínio, mas, depois, confessou o envolvimento no crime e apontou a localização do comparsa. 

“Ele disse que estava junto, estava de acordo em cometer o roubo, mas não na questão de ferir a vítima. Ele disse que o outro que atirou”, relatou Santos. 

Prisão do comparsa 
Os policiais se deslocaram até a casa onde o segundo envolvido, de 18 anos, estaria, no Jardim Florença, também em Aparecida de Goiânia. Segundo o tenente, a equipe foi recebida a tiros e revidou. O suspeito morreu no quintal da casa, por volta das 23h. 

“A casa não tem muros. Ele viu a equipe chegando, desligou a luz, atirou e foi correndo para o fundo da casa. Ele acabou sendo baleado e morreu no quintal do imóvel”, contou o policial. 

A arma do jovem foi apreendida. O corpo dele foi levado ao Instituto Médico Legal de Aparecida de Goiânia e liberado para os familiares neste domingo (11). 

Já o noivo foi encaminhado para o 4º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, onde o caso foi registrado. Assalto a motorista.

O motorista de aplicativo foi abordado por dois criminosos por volta das 23h de sexta-feira (9), no Setor Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia. Segundo o boletim de ocorrência, um deles estava com uma faca e o outro com um revólver. 

De acordo com o relato do motorista aos policiais, após anunciar o assalto, um dos assaltantes atirou, mas o condutor saiu correndo e conseguiu ir até a residência dele, que fica nas proximidades, e pedir socorro. Conforme o policial, o condutor levou um tiro na cabeça. 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu o motorista e o levou ao Hospital de Urgências de Goiânia. O G1 pediu à unidade de saúde, por e-mail, o estado de saúde do paciente e aguarda retorno. 

O carro da vítima foi localizado, no sábado, no mesmo bairro em que o assalto aconteceu. Ele estava batido.


Fonte - Madeirada News

Postar um comentário

0 Comentários