BRASIL - Mãe a padrasto são presos por torturarem criança de 3 anos

A vítima chegou ao hospital com uma fratura exposta na perna. A mulher acabou confessando o espancamento

Padrasto tortura criança por ordens da mãe: "não sei educar"

A mãe de uma criança de 3 anos foi presa após confessar ter feito tortura com o seu filho. Além dela, o padrasto também participou do crime. A vítima chegou ao hospital com uma fratura exposta e, depois de interrogada, a mulher acabou confessando o crime. A informação é do site Campo Grande News.

Segundo o boletim de ocorrência, o casal procurou atendimento médico para a vítima na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Eles alegaram que ela havia caído do berço, sozinha, mas a mãe acabou confessando o espancamento depois de confrontada na Santa Casa de Campo Grande, para onde a menina foi levada.

A criança apresentava lesão no rosto e fratura exposta na perna. Indagada, a mãe disse que a filha havia caído do berço. Porém, o médico que fazia o atendimento desconfiou do padrasto e acionou o Conselho Tutelar, que comunicou o fato à delegacia.

Em razão dos ferimentos, alguns já em fase de cicatrização, a vítima foi levada para a Santa Casa. Lá, a mãe acabou se contradizendo e confirmando que batia na filha. Ela disse ainda que na semana anterior, o padrasto havia dado uma surra na menina usando fio de ventilador.

A mãe contou ainda que só procurou a UPA porque a menina estava reclamando de dores na perna. A mãe, de 21 anos, e o rapaz, de 19, foragido da Justiça, foram presos em flagrante.


Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários