Deputado nomeia para seu gabinete na Alerj diretor e chefe de segurança de prisão onde ficou detido

Silvio Pinho Floriano e Gabriel Barbosa Salles, servidores de Bangu 8, foram nomeados por Marcos Abrahão, preso na Furna da Onça. Parlamentar ainda não se pronunciou.

Marcos Abrahão durante sessão plenária — Foto: Arquivo/Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj)

O deputado estadual Marcos Abrahão (Avante) nomeou para o seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) os servidores da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) Silvio Pinho Floriano e Gabriel Barbosa Salles.

A dupla era lotada no presídio Pedrolino de Oliveira, conhecido como Bangu 8, a mesma unidade em que o deputado esteve preso entre novembro de 2018 e outubro de 2019. Silvio Floriano era o diretor da unidade e Gabriel, o chefe da segurança.

O G1 apurou que uma das funções do chefe de segurança na prisão é fazer a ligação entre os detentos e a direção da unidade quando um preso quer levar algo à administração ou fazer algum pedido.

A cessão dos dois servidores foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (16) assinada pelo secretário da Casa Civil, Raul Teixeira.

O deputado Marcos Abrahão foi um dos presos na operação Furna da Onça, uma das fases da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Autorização para a transferência para o gabinete de Marcos Abrahão foi publicada no Diário Oficial — Foto: Reprodução/Diário Oficial do RJ

Silvio Floriano foi nomeado em 26 de março de 2019 para o cargo de diretor de Bangu 8. Por sete meses, ele conviveu com o deputado, que deixou a cadeia em 24 de outubro de 2019.

Em 28 de maio, após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado Marcos Abrahão tomou posse na Alerj.

O diretor do presídio de Bangu 8, Silvio Floriano foi nomeado para o gabinete do deputado estadual Marcos Abrahão (Avante) — 
Foto: Reprodução

"A Seap informa que a publicação da disposição dos referidos servidores foi publicada, nesta terça-feira (16/06), conforme despacho do Secretário de Estado da Casa Civil e Governança. Os mesmos serão exonerados de seus cargos na Seap, com data retroativa ao dia 01/06".

Às 18h32, a Seap informou que "por questões administrativas" a exoneração dos dois servidores passará a contar desta quarta-feira (16).

Procurado, o deputado Marcos Abrahão não se pronunciou até o momento. A reportagem do G1 não encontrou os servidores Silvio Floriano e Gabriel Salles para comentarem as suas nomeações.

Marcos Abrahão e Marcus Vinicius Neskau deixam presídio de Bangu 8 — Foto: Rafael Nascimento/TV Globo

Fonte - G1/RJ

Postar um comentário

0 Comentários