Jovem sequestrada é torturada durante transmissão ao vivo

Vídeos de tortura teriam sido enviados para a família da vítima, exigindo R$ 15 mil como resgate. Eram usados cativeiros temporários

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL DE ALAGOAS


Uma operação conjunta das polícias Civil de Pernambuco e de Alagoas, realizada na manhã desta quinta-feira (14/1), resgatou uma jovem desaparecida em Ibimirim (PE), que foi torturada durante uma transmissão ao vivo.

Vídeos das torturas foram enviados ao namorada da vítima para fazer com que a família pagasse R$ 15 mil pelo resgate. As informações são do Uol.

A jovem foi resgatada em um cativeiro na cidade de Arapiraca. Com o avanço das investigações, a polícia descobriu que os suspeitos tinham vários cativeiros, o que dificultou as investigações.

“Fomos comunicados sobre um sequestro que acabara de acontecer na cidade de Ibimirim. A vítima, uma jovem mulher, foi sequestrada e estava sendo torturada. As imagens da ação eram apresentadas ao vivo e postadas em redes sociais”, disse Alexandre Barros, conta o delegado de Ibimirim.

De acordo com as informações divulgadas sobre o caso, o namorado da vítima tinha uma dívida com tráfico de drogas. Por isso, os suspeitos resolveram torturar a mulher para que o pagamento fosse realizado.

Eles pediram R$ 5 mil em dinheiro vivo e uma transferência de R$ 10 mil para uma conta bancária.

A polícia conseguiu identificar o usuário e a conta bancária em questão. Depois da troca de informações entre as autoridades, o cativeiro foi encontrado, e a vítima, resgatada. Ela estava ferida e foi encaminhada para um hospital.
Recebemos o contato da divisão antissequestro pernambucana nos informando sobre o caso. Uma extorsão mediante sequestro. Localizamos o veículo usado para levar a moça. Fizemos abordagem e obtivemos êxito”, frisou o delegado Felipe Caldas.
Três homens foram presos até o momento. Segundo o delegado Caldas, as investigações continuam e, supostamente, três homens teriam dado suporte para o crime em Maceió.

Fonte - Metrópoles
Leia também em www.agenciasatelite.com.br

Postar um comentário

0 Comentários