PCDF busca acusado de executar casal na frente do filho de 7 anos

Três suspeitos estão presos pelo crime cometido em abril de 2020. Motivo, segundo a investigação, seria desavença no tráfico de drogas

Divulgação/PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 24ª DP (Setor O), prendeu nesta terça-feira (30/3) dois homens, de 21 e 30 anos, acusados de duplo homicídio qualificado. Um dos suspeitos, no entanto, segue foragido.

Trata-se de Felipe Sousa Ferreira (foto em destaque), 28 anos. Ele é acusado de ser a pessoa que efetuou mais de 10 disparos e matou um casal, na frente do filho, uma criança de 7 anos, em abril do ano passado.

A PCDF pede ajuda da população para localizar o foragido e oferece os seguintes canais para denúncia anônima: telefone 197, opção 0 (zero); o e-mail denuncia197@pcdf.df.gov.br; e o WhatsApp (61) 98626-1197.

Drogas

Segundo a PCDF, o jovem de 21 anos preso nesta terça levou Felipe até o local do crime. O executor arrombou a porta da casa das vítimas e as matou com uma pistola, na frente da criança.

Após o duplo homicídio, os suspeitos seguiram até uma chácara, em Monte Alto (GO), onde aguardaram até a madrugada para incendiar o veículo usado no crime. O carro pertencia ao acusado de 30 anos.

De acordo com as investigações, os assassinatos ocorreram por causa de desacertos relacionados ao tráfico de drogas. No dia anterior ao crime, em uma residência situada em rua próxima à casa do casal, a polícia apreendeu grande quantidade de cocaína. O entorpecente teria vínculo com os envolvidos.

Além disso, há um quarto suspeito no duplo homicídio. Ele foi preso em flagrante, em fevereiro deste ano, na cidade de Juiz de Fora (MG), quando transportava 17kg de cocaína no fundo falso de um veículo.

Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários