Page Nav

HIDE


Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


OBITUÁRIO - Pelé será sepultado em um mausoléu e sem caixão dourado, informa cemitério

Corpo do rei ficará no primeiro andar do cemitério vertical Memorial Necrópole Ecumênica, que deve se tornar local de visitação pública

Centro de Memória do Santos / Divulgação

São Paulo – O corpo do rei Pelé, que seria sepultado em um jazigo do nono andar do cemitério vertical Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, no litoral de São Paulo, irá agora para o mausoléu do cemitério, localizado no primeiro andar do edifício, após entendimento entre a administração do prédio e a família do ex-jogador.

A cerimônia de sepultamento deve ocorrer às 10h da próxima terça-feira (3/1). O velório, no estádio Urbano Caldeira, na Vila Belmiro, em Santos, onde o rei mais brilhou, começa às 10h de segunda-feira (2/1). O corpo do atleta permanece neste sábado (31/12) no Hospital Israelita Albert Einstein, no Morumbi, em São Paulo, onde ele morreu, e deve ser levado à Santos na noite de domingo (1/1).

A administração do cemitério negou boatos de que o corpo de Pelé seria sepultado em um caixão dourado. O rei do futebol morreu aos 82 anos na última sexta-feira (29/12), por falência múltipla de órgãos, após combater um câncer de cólon.

O cemitério, em Santos, tem vista em que é possível avistar o estádio da Vila Belmiro, de forma que o corpo do jogador ficará sepultado com vista para o estádio.

A proposta de sepultar o rei no nono andar seria para que ele ficasse próximo de seu pai, João Ramos do Nascimento, o Dondinho, que morreu em 1996. Mas, diante do interesse público que o local de sepultamento deve trazer, a família do rei concordou como sepultamento no mausoléu especial, que fica no primeiro andar do edifício. O corpo de Jair Arantes do Nascimento, o Zoca, irmão de Pelé, também está neste cemitério.

Pelé havia adquirido um espaço no cemitério vertical de Santos, que segundo sua administração tem registro no Guinness Book como o mais alto do mundo, há 19 anos.

Fonte - Metrópoles

Nenhum comentário




Latest Articles