Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


DECISIVO - Valdemar critica discurso de Luiz Inácio e reforça oposição ao novo governo

Presidente do PL, Valdemar Costa Neto, disse que o presidente "esqueceu" e "omitiu" dados do governo de Jair Bolsonaro (PL)

Vinícius Schmidt/Metrópoles

O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, declarou em um vídeo para filiados do PL que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) “esqueceu” e “omitiu” dados do governo de Jair Bolsonaro (PL). Ele também afirmou que a bancada do partido no Congresso Nacional será oposição durante o mandato de Lula.

Além disso, vídeo critica outros pontos do discurso da posse no último domingo (1º/1). Um dos pontos retomados foi os 33 milhões de brasileiros em situação de insegurança alimentar, ponto debatido durante a corrida eleitoral. “Ele só esqueceu de dizer que esse número se refere ao ano de 2021, auge da pandemia”, disse.

Valdemar também agradece aos apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pelas vigílias em frente aos quartéis generais do Exército. “Todo o empenho e esforço de vocês foi um exemplo para o mundo inteiro e nos serviu de combustível, nos deu energia para continuar lutando por um Brasil melhor”, falou.


Ele acredita que as manifestações transformaram ele em um brasileiro mais forte e que “a missão foi cumprida”.

Além disso, ele responde aos apoiadores frustrados que Bolsonaro “tem crédito, tem o nosso apoio, tem um significado incrível para o nosso país e vai continuar tendo”.

Confira o pronunciamento na íntegra:

Meus amigos e amigas do Partido Liberal.

Hoje eu me dirijo a vocês, primeiramente para dizer do quão importante foi para o PL essa aproximação com nosso presidente Jair Messias Bolsonaro.

Eu acredito que muitos brasileiros e brasileiras, crianças, jovens, adolescentes, pessoas de todas as idades, sentiram orgulho da bandeira nacional. Orgulho das nossas cores, orgulho do nosso país.


Isso a gente deve a Jair Bolsonaro. Quero dizer também que se existe alguém, por algum motivo, que teve alguma decepção, mágoa ou frustação, eu quero dizer a vocês: gente, Jair Messias Bolsonaro tem crédito, tem o nosso apoio, tem um significado incrível para o nosso país e vai continuar tendo.

Eu quero agradecer todos aqueles que fizeram vigília. Todas as famílias que nos apoiaram e dizer que cada minuto, cada segundo, e que todo o empenho e esforço de vocês foi um exemplo para o mundo inteiro e nos serviu de combustível, nos deu energia para continuar lutando por um Brasil melhor.

Eu confesso que o empenho e a determinação de vocês me transformaram num brasileiro mais forte. E podem acreditar, a missão foi cumprida.

Hoje, em especial, eu quero fazer alguns comentários para alertar sobre os erros que o Lula cometeu no discurso de posse.

Lula omitiu que o Brasil de Bolsonaro foi o país que mais gerou emprego entre os 20 maiores países do mundo.

Mencionou o número de 33 milhões de brasileiros com insegurança alimentar. Ele só esqueceu de dizer que esse número se refere ao ano de 2021, auge da pandemia.

Esqueceu de dizer que no final de 2022, com o governo Bolsonaro fazendo o maior projeto social da história do país, esse número de 33 milhões caiu para menos de 10 milhões de brasileiros, conforme dados do IPEA.

O Lula esqueceu de dizer que foi o governo Bolsonaro que entregou o maior número de títulos de posse da história do país.

Lula falou em reconstruir o Brasil, mas não disse o que o mundo inteiro aplaudiu. A capacidade de reconstrução do brasil demonstrada pelo governo Bolsonaro, atingido pela primeira vez na história, uma inflação menor que da Alemanha, Estados Unidos e Inglaterra.

O Partido Liberal se tornou hoje o maior partido no Brasil e conseguiu isso justamente por ter hasteado a bandeira do orgulho de ser brasileiro, por entender que uma nação forte nasce com uma família forte, que a democracia se constrói com respeito à liberdade de ir e vir, de pensar, de falar, de existir e de ser que se é.

Nossa vigília estará presente em todos os atos desse governo que se inicia.

Nossa bancada no Congresso Nacional fará uma oposição certeira, construtiva, verdadeira e responsável, sempre com a certeza de que para cuidar do povo brasileiro tem que ter coerência entre o que se diz e o que se faz.

Muito obrigado.

Fonte - Metrópoles 

Nenhum comentário




Latest Articles