Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


JUSTIÇA FEITA - Grupo é condenado a mais de 30 anos de prisão por morte de menino na PB

Apontados como executores, eles devem pagar pelo crime em regime fechado.

Éverton Siqueira foi achado morto e com partes do corpo mutiladas, em um matagal, nas imediações da Serra do Boqueirão (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)

A Justiça condenou a mais de 30 anos de prisão os três homens que mataram o garoto Éverton Siqueira, de 5 anos, durante um ritual na cidade de Sumé, no Cariri da Paraíba. O julgamento terminou na madrugada desta quinta-feira (8), no 1º Tribunal do Júri de Campina Grande, Agreste do Estado. As condenações foram designadas a Denivaldo dos Santos, Joaquim Nunes e Wellington Nogueira.


Confira as penas dos executores

  • Denivaldo dos Santos Silva (Paulistinha) - 38 anos e 9 meses de reclusão e 3 anos de detenção;
  • Joaquim Nunes dos Santos (Xana) - 37 anos e 2 meses de reclusão e 3 anos e 3 meses de detenção;
  • Wellington Soares Nogueira (Etinho) - 34 anos e 2 meses de reclusão e 2 anos e 8 meses de detenção.
De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público, o padrasto teria sido o mentor do crime, junto com os outros dois homens. Ele teria forjado o encontro do corpo e acusado uma pessoa com deficiência, que acabou sendo assassinada em decorrência da repercussão do caso.

Fonte - Portal T5

Nenhum comentário




Latest Articles