Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


SE FAZ ISTO COM A MÃE... - Influenciador decide tomar a casa que deu de presente para a mãe: 'Não tolero ingratidão'

Junior Caldeirão, de 24 anos, entrou com ação para pegar de volta o imóvel que presenteou a mãe

Influenciador Antônio Pereira Machado, conhecido como Junior Caldeirão, e sua mãe Reprodução/Instagram

O influenciador Antônio Pereira Machado, de 24 anos, conhecido como Junior Caldeirão, que conta com mais de 15 milhões de seguidores nas redes sociais, virou assunto após expor a situação de abuso que sofreu da família quando mais novo.

Nesta quarta-feira (7), ele revelou que tomou a decisão de tomar a casa que deu de presente para a mãe após ela afirmar que não acredita nas situações de abuso que ele sofreu e que nunca pediu dinheiro ao influencer.

“Ela falou que tudo o que fiz foi porque ela não pediu, que era porque eu estava oferecendo. Eu não preciso nem falar nada, né? Já que não me pediram nada, já falei com minha advogada, vou entrar com ação e vou tomar a casa. Vou pegar a casa, vou vender e dar pra alguém que seja grato. Se tem uma coisa que eu não suporto, é a ingratidão”, disse ele por meio de um vídeo.

Entenda o caso

Na última segunda-feira (5), Junior Caldeirão revelou que sofreu abuso sexual quando tinha apenas 12 anos. Através do Instagram, ele compartilhou vídeos de uma discussão com sua tia, que considera “mãe de criação”, por questões financeiras. A mulher estaria acusando o influencer de obter vantagens com monetização de vídeos que grava com uma sobrinha para o TikTok.

Durante a discussão, ele explica que o desentendimento começou no dia anterior, quando chegou em casa e se deparou com o marido de uma familiar, que, segundo ele, é o autor dos abusos que sofreu na infância.

Junior Caldeirão ainda diz que não denunciou antes, pois sentia receio de ninguém acreditar em sua palavra. Segundo ele, sua mãe não acreditaria. Em um dos Stories, é possível ver a mulher dizendo que, na verdade, “ele gostou”.

“Por que não falou antes? Por que não denunciou? Para quê? Se estou falando e ninguém acredita? Se quando todo mundo falou ninguém acredita? O marido dessa minha prima abusava de mim. Quantas pessoas nesse exato momento não estão passando por isso?”, alegou ele.

[ALERTA: este texto aborda assuntos como estupro, violência doméstica e violência contra a mulher, podendo ser gatilho para algumas pessoas. Caso você se identifique ou conheça alguém que esteja passando por esse problema, denuncie!]

Fonte - Revista Quem

Nenhum comentário




Latest Articles