Page Nav

HIDE

CLDF - Campanha Abuso Não

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Análise: Flamengo amassa o Palmeiras com futebol capaz de fazer sonhar

Rubro-Negro evolui sob comando de Tite e apresenta sua melhor versão com o técnico

Por Thiago Lima — Rio de Janeiro

O Flamengo x Palmeiras da noite de quarta-feira foi uma espécie de "semifinal antecipada" do Campeonato Brasileiro. Como Abel Ferreira disse após o jogo, o Alviverde teve a chance de tirar o concorrente da briga pelo título. Mas o Rubro-Negro não só "sobreviveu", como amassou o adversário nos 3 a 0 no Maracanã, apresentou a sua melhor versão neste início da "Era Tite" e mostrou um futebol capaz de fazer sonhar.

A torcida rubro-negra que mais uma vez lotou o Maracanã saiu confiante e com uma convicção: Tite achou o time. Matheuzinho e Luiz Araújo formaram uma boa dupla pela direita; Gerson mostrou que ainda sabe ser aquele segundo volante de 2019; e Cebolinha virou outro jogador nas mãos do técnico (diria que a titularidade de Bruno Henrique está ameaçada neste momento). Em seis jogos, o técnico conseguiu encaixar uma formação com pontas que seus antecessores não conseguiram em muito mais tempo.

Foi uma atuação de muitos brilhos coletivos, principalmente no primeiro tempo. O jogo foi de trocação nos primeiros 15 minutos. O Flamengo chegou duas vezes com perigo: uma cabeçada de Pedro aos sete minutos e o chute de Cebolinha no rebote, ambos defendidos por Weverton. E o Palmeiras também teve duas oportunidades, ambas com Breno Lopes: na primeira ele foi atrapalhado por Matheuzinho e furou uma chance clara aos 13, e no minuto seguinte finalizou para grande defesa de Rossi.

Arrascaeta marca segundo gol de Flamengo x Palmeiras — Foto: André Durão

O que mudou o panorama do jogo foi o primeiro gol. Pulgar (como joga!) quebrou as linhas do Palmeiras com um passe em profundidade para deixar Pedro na cara do gol, e ele abriu o placar com uma linda cavadinha aos 17 minutos. Daí em diante, só deu Flamengo. Foram cerca de 20 minutos de pressão total rubro-negra e mais duas grandes oportunidades criadas: o gol do Arrascaeta aos 28, após assistência de Cebolinha, e o chute por cima de Luiz Araújo aos 30.

Scout - Flamengo x Palmeiras


QuesitoFlamengoPalmeiras
Posse de bola51%49%
Finalizações1210
Chances de gol64
Passes (precisão)520 (91%)490 (90%)
Desarmes2615
Faltas1317
Escanteios45
Impedimentos03

O primeiro tempo terminou com o Palmeiras com uma ligeira vantagem na posse de bola (52% a 48%), mas o Flamengo teve o dobro de finalizações (8 a 4), sendo cinco no alvo contra apenas uma do Alviverde. Na etapa final, já com 2 a 0 no placar e a expulsão logo no início de Gustavo Gómez, o Rubro-Negro foi inteligente ao se preservar e cozinhou o jogo. Ainda assim, marcou o terceiro com Pedro aos 18 minutos, em linda jogada coletiva feita por nove jogadores.

O Palmeiras até teve mais duas chances: uma bicicleta que Rony furou aos 25, e um chute por cima de Endrick aos 48. Mas o Flamengo a essa altura já não queria mais nada, a não ser deixar o tempo correr para poupar energia, tanto que as substituições nem surtiram efeito (talvez o único pecado de Tite foi não mexer um pouco mais cedo e deixar Gerson, com cãibras, até o fim). O jogo terminou com um atropelo rubro-negro nos números: mais posse (51% a 49%), finalizações (12 a 10) e oportunidades de gol (6 a 4).

O objetivo ainda é garantir o G-4, mas a torcida já animou. Se a vitória sobre o Fortaleza no Castelão não empolgou, bater o Palmeiras com tanta autoridade fez os rubro-negros gritarem "olé" no Maracanã e cantarem "dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe Mengo, seremos campeões". A diferença para o líder Botafogo (que joga neste quinta contra o Grêmio em São Januário) por ora caiu para três pontos. E o Fla-Flu de sábado ganhou contornos de final.

Tite em Flamengo x Palmeiras — Foto: André Durão

O elenco rubro-negro se reapresenta na tarde desta quinta-feira no Ninho do Urubu, e Tite terá dois dias para preparar o time para o clássico do próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã. O técnico terá os retornos de Bruno Henrique, Thiago Maia e Filipe Luís, que voltam de suspensões. Com 56 pontos, o Flamengo é atualmente o quinto colocado do Brasileirão.

Nenhum comentário




Latest Articles