Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Filha de Vanusa detona ex-diretor da Globo: “Fui violentada por ele”

Aretha Marcos usou o Instagram, na manhã desta quinta-feira (25/01), para denunciar os abusos que sofreu por parte de Giuliano Chiaradia


Instagram/Reprodução

Meses após revelar que foi chamada de “fedida” por Marlene Mattos, Aretha Marcos, filha de Vanusa, voltou às redes sociais, desta vez para denunciar um ex-diretor da Globo. Ela usou o Instagram, na manhã desta quinta-feira (25/01), para afirmar que sofreu abusos por parte de Giuliano Chiaradia durante muitos anos.

“Este é o homem que criminalizou um país. Ele estudou minhas redes sociais, aliciou e beneficiou todas as pessoas da minha vida para manterem silêncio sobre a exploração da minha vida privada. Ele passou 11 anos lucrando com minha vida, pagando pessoas e me mantendo em um cárcere de exploração, violências psicológicas, ameaças de morte, prática de feitiçaria e magia negra”, começou ela.

Em seguida, Aretha continuou com a descrição de tudo que passou: “Todos os dias dos últimos 11 anos eu fui violentada por ele. Ele se promoveu e ganhou dinheiro internacionalmente em cima da minha vida. Ele coloca pessoas para me perseguir nas ruas e me envenena até eu perder a calma. Disseminou ódio, cancelamento da minha vida, explorou minha mãe até na clínica em Santos, onde ela estava internada”, disparou.

No fim, ela ainda afirmou que o ex-diretor costuma fazer isso com outras pessoas: “Ele fez tudo isso comigo lhe oferecendo perdão. Ele trabalha explorando artistas e suas vidas privadas. Sua especialidade é criar golpes sobre a imagem de pessoas públicas. Seu nome: Giuliano Chiaradia”, finalizou.

Nos comentários, os seguidores de Aretha falaram sobre a denúncia: “Gente, pelo amor de Deus alguém precisa ajudar esta menina. Aretha alegrou minha infância e adolescência, tinha todos os especiais gravados e sei cantar todas as suas músicas. Ela precisa de atenção, cuidado, menos julgamentos e holofotes. Gostaria muito de poder ajudá-la, participei até de algumas vakinhas… Já tentei contato com vários irmãos dela pelas redes sociais, mas sou uma mera anônima e nunca tive visualização. Se alguém próximo, algum artista, puder olhá-la com carinho e atenção, Deus os recompensará. É muito triste uma menina linda, talentosa, cheia de sonhos não ter um olhar direcionado com amor. Há muitos anos ela grita por socorro, mas as pessoas não querem entender, é preocupante”, declarou uma.

Outros internautas concordaram: “Você faz muito bem Aretha, exponha mesmo o seu algoz, tem que ter Justiça para aliviar a sua alma. Que se cumpra tudo que você almeja em nome de Jesus 🙏 Ele é fiel e não desampara ninguém. Não sofra calada. 🙏😯”, postou mais uma. “Gente, faz muito tempo que a @arethamarcos vem denunciando e dando indícios de que essa pessoa não fez bem pra ela! Vamos ter empatia e ouvir ao menos, ela está no lugar de fala e todos viraram a costas pra ela. Quanto mal ela não deve ter sofrido, abusos psicológicos, promessas destruídas e imaginem que a única arma que ela tem é o Instagram, assim como muitas mulheres que o são envolvidas até o limite de sua força e ao revidar são vistas como loucas e todos se afastam dela. É assim que eu a vejo. Fico triste por não termos forças pra te ajudar, mas podemos te ouvir e te acolher, desabafe e chore sempre que precisar, só você conhece o tamanho da sua ferida e quanto tempo ela levará para cicatrizar”, escreveu uma terceira.

Aretha disse que Marlene Mattos a chamou de “fedida”

Desde que os episódios do documentário da Xuxa começaram a ser lançados, muitas histórias sobre Marlene Mattos vêm pipocando. A revelação da vez foi por conta de Aretha, filha da cantora Vanusa, que deu detalhes de um convite para gravar um vídeo que nunca foi concretizado e relatou a forma com que foi tratada pela ex-empresária da apresentadora. Segundo ela, Marlene a chamou de “fedida”.

“Vou aproveitar esse momento aonde as pessoas estão revelando suas passagens, suas histórias. Este é um momento propício pra eu comentar, então, a minha experiência com a Marlene Mattos e a Xuxa. Eu fui participar de uma homenagem pra minha mãe no quadro Intimidades da Xuxa. E a Marlene Matos orientou a Xuxa, através de um bilhetinho que a Paquita veio e colocou na lateral, e a Xuxa me contratou no ar pra gravar um disco”, começou ela.

Em seguida, a cantora relatou que precisou mudar sua vida por conta desse convite: “Eu me mudei de São Paulo pro Rio, com a minha filha pequena, com 2 anos, e passei a morar em um apartamento no Recreio. E esperando sempre o chamamento da Marlene ou da Xuxa pra que eu pudesse gravar esse disco. E o tempo foi passando e eu nunca era chamada”, detalhou.

Cansada de esperar, Aretha resolveu tomar uma atitude: “Então, eu comecei a tentar, eu mesma, produzir esse disco, um teste desse disco pra que a Marlene pudesse fazer, porque eu já estava há muito tempo no Rio de Janeiro e eu não entendia por que o disco não acontecia. Já que ela estava pagando um salário pra eu morar lá no Rio”.

Após conseguir fazer a gravação, Aretha contou como foi o encontro com Marlene Mattos: “Eu fui até o estúdio com uma demo de uma canção do meu pai [Antônio Marcos], que eu gravei com o meu próprio dinheiro, que estava guardado na poupança para pagar a faculdade da minha filha. Fizemos uma produção juntando um áudio do meu pai e eu criança, na música E nunca mais eu vou deixar você tão só. E eu levei pra ela escutar. Ela ouviu e disse pra mim que não ia investir em MPB porque já tinha investido na Renata Arruda e não tinha dado em nada”.

E seguiu com seu desabafo: “E também ela disse pra mim que eu fedia, quea disse que eu era uma ferida, aberta, uma pessoa amarga, feia. Eu saí dali num estado de choque porque, em primeiro lugar, eu nunca dei intimidade a ela pra me dizer qualquer coisa”, afirmou.

Desiludida, Aretha declarou que raspou a cabeça e emagreceu 12 quilos. E, com outra feição, ela voltou ao escritório para “enfrentar” a Marlene Mattos: “E careca e com 12 quilos a menos, voltei ao escritório da Marlene Mattos e da Xuxa. Quando a Marlene passou no corredor, eu estava sentada e ela não me reconheceu. No meio do corredor, ela parou e olhou pra trás e me chamou. Quando eu entrei, falei pra ela: ‘E agora, eu ainda estou fedendo?’”, disse ela, contando que dispensou o “salário” pago pela empresária.

“Eu falei: ‘vim aqui pra te dizer que eu não quero mais um centavo de vocês e quem não quer um disco sou eu. Eu não quero mais que você deposite dinheiro na minha conta, nada porque eu não sou encostada. Eu saí de casa com 14 anos. Então, não quero nem o disco nem o dinheiro que cai na minha conta porque eu já tenho outro trabalho”, completou.

Aretha, então, contou como foi a reação de Marlene: “Ela levantou, nervosa, e disse que eu era arrogante, que um presente não se recusa. Quando ela passou por mim, segurei o braço dela e falei: ‘Escuta aqui. Você não sabe quem foi o meu pai, você não sabe quem é a minha mãe, mas você vai saber quem sou eu’. E saí do escritório”.

A cantora também disse qual lição aprendeu com tudo isso: “Então, gente, o que eu quero dizer pra vocês é o seguinte: pessoas livres, que não aceitam nenhuma forma de violência psicológica e que tratam todos de igual, que respeitam a todos e não estão dispostas a tudo pela fama e pelo sucesso, são tratadas pelo sistema como marginais, são descredibilizadas e destruídas. Simplesmente porque não podem ser transformadas em prostitutas, em pessoas malévolas, que destroem outras em nome da empresa, em nome dos interesses dos outros. Pessoas que não aceitam derrubar os outros pra crescer na vida não servem ao sistema”, disparou.

E encerrou: “Essa é só uma parte da minha história com a Marlene Mattos e a Xuxa. O resto vocês vão conhecer mais tarde. Bom dia”. A coluna procurou Marlene Mattos para comentar mais essas declarações e não quis comentar.

Nenhum comentário




Latest Articles