Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Vídeo mostra Fernandinho Beira-Mar chegando ao presídio federal do RN

Entre os presos transferidos para o presídio federal do RN, estão Fernadinho Beira-Mar, Marcinho VP e Mano G



Polícia Penal Federal/Divulgação

Um vídeo obtido pela coluna Na Mira mostra o momento em que o líder da facção carioca Comando Vermelho (CV), Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, desembarcou na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. O criminoso, condenado a 317 anos, estava preso na penitenciária de segurança máxima de Campo Grande (MS). A operação ocorreu em sigilo na última quarta-feira (10/1) e reuniu cerca de 100 policiais penais. Entre os transferidos, também estão Marcinho VP e Mano G.

As práticas de transferência de alguns presos entres os centros federais é comum e serve para desarticular a organização de grupos criminosos.

As imagens mostram Fernandinho Beira-Mar escoltado por policiais penais federais. 

Veja:

Em 2021, Fernandinho Beira-Mar afirmou, em um vídeo, que sofria maus-tratos na prisão do Mato Grosso do Sul, onde estava desde 2019.

Quem é Marcinho VP

O traficante Marcio Nepomuceno, conhecido como Marcinho VP, chefe do Comando Vermelho, está preso há 21 anos ininterruptos. Nesse tempo, o traficante apontado como líder de uma das maiores facções do Brasil passou por diversas penitenciárias. Ele estava detido no presídio federal do Rio Grande do Norte para o Mato Grosso do Sul.

Em 2022, ele lançou o livro Marcinho Verdades e Posições — Direito Penal do Inimigo. Na obra, feita com o jornalista Renato Homem, o detento conta sua trajetória no mundo do crime, nega as acusações feitas contra ele e comenta sobre a política brasileira.

Quem é Mano G

Também transferido durante a operação, Gelson Lima Carnaúba, conhecido como Mano G, foi um dos fundadores e chefes da Família do Norte (FDN), criada em 2007. A facção criminosa é vista como um dos principais grupos do Amazonas e apontada pela Polícia Federal como a terceira maior do Brasil.

A FDN é resultado da união de dois grandes traficantes, Gelson Lima Carnaúba, o Mano G, e José Roberto Fernandes Barbosa, o Pertuba. Segundo a PF, após passarem uma temporada cumprindo pena em presídios federais, os dois retornaram para Manaus, em 2006, determinados a se estruturarem como uma facção criminosa.

O resultado é o grupo que foi alvo da operação La Muralla, em 2015, que teria movimentado milhões por mês com o domínio da “rota Solimões” – usada para escoar a cocaína produzida na Bolívia e no Peru por meio dos rios da região amazônica.

Nenhum comentário




Latest Articles