Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


O que muda com a nova Lei das Saidinhas

Presidente Lula sancionou a PL das Saidinhas nessa quinta-feira (11/4). Principal alteração é liberação para visita de presos à família


Igo Estrela/Metrópoles

A sanção do projeto de lei nº 2.253, de 2022, que ficou conhecido como PL das Saidinhas, trouxe mudanças para o benefício de presos brasileiros. Uma das principais alterações veio com a liberação para visita à família.


Veja aqui a publicação da nova lei no Diário Oficial da União.

O que muda com a nova Lei das Saidinhas?No projeto original, o benefício seria restrito apenas a detentos que estudam ou trabalham, acabando com as saídas para visitas à família e para “atividades do convívio social”.

O texto sancionado mantém outras limitações previstas na matéria aprovada pelo Congresso. Entre elas, a necessidade de exame criminológico para a progressão de regime e o uso de tornozeleira eletrônica.
A nova lei também proíbe as saidinhas aos presos condenados por crimes hediondos, como homicídio, estupro ou tráfico de drogas.

Quando se tratar de frequência a curso profissionalizante ou de instrução de ensino médio ou superior, o tempo de saída será o necessário para o cumprimento das atividades discentes.

O detento não pode mais pedir cinco saídas de sete dias por ano, como era antes.

Ricardo Lewandowski, ministro da Justiça, diz no parecer da pasta que a proibição do semiaberto para visitar a família seria inconstitucional.

“Porque nós entendemos que a proibição às famílias dos presos que já se encontram no regime semiaberto atenta contra valores fundamentais da Constituição, o princípio da dignidade da pessoa humana, o princípio da individualização da pena e na obrigação que tem o Estado de proteger a família”, argumentou o ministro.

Nenhum comentário




Latest Articles